COMPORTAMENTO

'Vivemos em um mundo com valores invertidos': O dia em que Gabriel, O Pensador recompensou catador de lixo com R$ 10 mil

23/09/2016 17:14 -03 | Atualizado 23/09/2016 17:14 -03
Reprodução/Youtube

A história de João Rodrigues Cerqueira é um daqueles exemplos em que nos surpreendemos quando alguém tem atitudes íntegras quando o contexto se mostra um estímulo a corrupção.

Cerqueira, que é catador de materiais recicláveis, encontrou U$ 1400 dólares (cerca de R$ 5 mil reais) descartados por engano no lixão em que trabalha no Distrito Federal e devolveu toda a quantia.

Ele foi “recompensado” pela atitude e foi empregado como ajudante de obras na construtora de Bruno Temistocles, o verdadeiro dono do dinheiro. O salário que o ex-catador passou a ganhar, de R$ 1,5 mil, é mais do que o dobro do que os R$ 600 que recebia na cooperativa.

A atitude do homem simples sensibilizou àqueles que conheceram sua história, inclusive o cantor Gabriel, O Pensador. Em passagem pela região para um show, o artista desviou seu caminho para visitar Cerqueira e sua família.

Ele aproveitou a oportunidade e organizou uma "vaquinha" entre seus amigos para doar R$ 10 mil ao trabalhador. Na noite da última quinta-feira (22), O Pensador encontrou Cerqueira e não deixou de se emocionar com a situação vivida.

"A gente vive em um mundo onde os valores estão tão distorcidos que as pessoas se surpreendem quando um cara faz o certo. Então, eu primeiro vim para dar os parabéns e destacar mais uma vez isso. Eu vou te dar o saquinho com R$ 10 mil que a gente juntou para você, [para] essa reforma que você está precisando [do barracão]. Isso é um presente de coração", disse o artista, de acordo com o G1.

“Eu nunca imaginei que ia vir uma pessoa tão famosa assim, num barraco tão humilde assim. [O dinheiro vai] Ajudar ela [mãe] a construir a casinha dela. Foi a pessoa que me ajudou muito, que me incentivou para ser a pessoa que eu sou", compartilhou o catador de lixo.

O caminho dos dólares até o lixo

Bruno Temistocles ia usar os dólares em uma viagem para a Europa. Na última sexta-feira (16), um de sues parentes confundiu o embrulho do dinheiro com lixo e descartou o pacote.

Temistocles identificou o caminhão responsável pela coleta e encontrou a cooperativa de lixo, que fica na cidade de Estrutural. Lá, deixou o contato e um recado sobre a perda da quantia. Foi aí que a história de Cerqueira se cruzou com a do rapaz.

“Na hora que ele [o catador] me ligou falando que tinha encontrado, nossa, eu fiquei muito feliz”, afirmou em entrevista ao G1.

Cerqueira não se arrepende de ter devolvido a quantia:

“Rapaz, graças a Deus apareceram pessoas abençoadas e com o coração tão bondoso...Só agradeço todos os dias essa oportunidade”, disse em entrevista ao Correio Braziliense.

LEIA MAIS:

- 'Desabafo virou uma linda troca no Brasil inteiro', diz filha de pai que não sabia escrever

- Clínica sobre rodas leva serviços médicos gratuitos para moradores de rua