NOTÍCIAS

Polícia captura suspeito de explosões em Nova York

19/09/2016 12:27 BRT | Atualizado 19/09/2016 12:27 BRT
Montagem/Divulgação FBI/Reuters

Um dos suspeitos do atentado que aconteceu no sábado (17) em Nova York, que deixou 29 feridos, foi capturado nesta segunda-feira (19).

Ahmad Khan Rahami, de 28 anos, um afegão naturalizado americano, já havia sido identificado pelo FBI como um dos suspeitos do ataque e foi capturado em Linden, Nova Jersey, depois de um tiroteio, segundo a CNN e a NBC.

Ahmad é suspeito de ser autor da explosão que ocorreu no distrito de Chelsea de Manhattan no último sábado. Além de deixar 29 feridos, a explosão danificou edifícios e deixou toda a região em alerta. Mais tarde, outro artefato foi descoberto pela polícia a quatro quarteirões do local. Ele foi desarmado.

A explosão no distrito de Chelsea foi causada por duas bombas feitas com panelas de pressão, telefones celulares, luzes de natal, estilhaços e explosivos.

Ahmad Khan Rahami vive na cidade de Elizabeth, no estado de Nova Jersey. Ontem, o FBI alertou que o suspeito era perigoso.

explosion new york

Na noite de domingo, autoridades detiveram cinco pessoas que podem ter relações familiares com Khan Rahami. A polícia não sabe se o suspeito também está por trás de outra tentativa de atentado na estação ferroviária na cidade de Elizabeth.

No domingo à noite, cinco bombas foram descobertas em uma mochila escondida em uma lata de lixo da estação. Um das bombas foi detonada por um robô acionado pela polícia e não houve feridos.

Nenhum grupo terrorista ou extremista assumiu até agora a fabricação de bombas, que têm aparecido em algumas localidades dos Estados Unidos.

LEIA MAIS:

- Explosão 'intencional' deixa 29 feridos em Nova York, mas autoridades descartam terrorismo

- Cinco bombas são descobertas em estação ferroviária nos Estados Unidos