ENTRETENIMENTO

Sonia Braga sobre 'Aquarius' fora do Oscar: 'Não foi uma surpresa'

13/09/2016 20:51 BRT | Atualizado 13/09/2016 20:51 BRT
NOVO! DESTAQUE E COMPARTILHE
Destaque o texto para compartilhar no Facebook e no Twitter
Matt Winkelmeyer via Getty Images
TORONTO, ON - SEPTEMBER 10: Actress Sonia Braga attends the TIFF/InStyle/HFPA Party during the 2016 Toronto International Film Festival at Windsor Arms Hotel on September 10, 2016 in Toronto, Canada. (Photo by Matt Winkelmeyer/Getty Images)

Divulgando o drama Aquarius no Festival Internacional de Cinema de Toronto, Sonia Braga, 66, participou da série In Conversation With... do evento. Ela falou sobre sua carreira, o filme e o fato de ele não ter sido selecionado para representar o Brasil no Oscar.

Ela comentou também o protesto feito pela equipe de Aquarius no Festival de Cannes, em maio: "A equipe decidiu fazer algo para contar à imprensa internacional o que estava acontecendo no Brasil".

Segundo reportagem da Veja, alguém na plateia de cem pessoas gritou, em português, "Fora, Temer!". Braga repetiu o grito e respondeu: "Fora, Cunha!".

A atriz contou que a manifestação no evento francês foi importante, independente de como seria noticiada no Brasil. Uma pessoa na plateia disse que foi um gesto de coragem. Ela respondeu:

"Não considero corajoso. Acho só que é um ato democrático. Temos o direito de protestar numa democracia. Seria corajoso num outro sistema. Temos o direito de dizer 'Fora, Temer'. Aquarius representa a resistência, não deixar as pessoas te atropelarem. Enquanto vivermos numa democracia, temos direito."

sonia braga

Sonia Braga, à esquerda, e Kleber Mendonça Filho, diretor de Aquarius, em Toronto

Ela falou também sobre a escolha de Pequeno Segredo para representar o Brasil na disputa pelo Oscar, em vez do longa do pernambucano Kleber Mendonça Filho, o favorito à escolha. Braga disse que não se trata de uma rejeição, mas a escolha de outra obra.

"Não foi uma surpresa. Tínhamos consciência de que podia acontecer. Acho que Aquarius já está tendo uma carreira incrível. Tivemos o privilégio de ir a Cannes e receber críticas maravilhosas. Muita gente veio me abraçar, chorando. O filme tem essa luz, essa bênção."

Clique aqui para ler por completo a reportagem.

LEIA MAIS:

- Anna Muylaert sobre 'Aquarius' fora do Oscar: 'O problema do golpe é dar outros para manter o principal'

- 'Aquarius' tem grande peso político e causa necessário mal-estar. É o filme brasileiro do ano

- Diretor de 'Pequeno Segredo': 'Assistam para entender por que foi indicado à vaga do Oscar'