NOTÍCIAS

É PRATA na argola! Zanetti garante 3ª medalha da ginástica artística masculina na Rio 2016

15/08/2016 14:33 -03 | Atualizado 15/08/2016 14:33 -03
TOSHIFUMI KITAMURA via Getty Images
Brazil's Arthur Zanetti reacts after competing in the men's rings event final of the Artistic Gymnastics at the Olympic Arena during the Rio 2016 Olympic Games in Rio de Janeiro on August 15, 2016. / AFP / Toshifumi KITAMURA (Photo credit should read TOSHIFUMI KITAMURA/AFP/Getty Images)

Arthur Zanetti girou em busca do ouro nesta segunda-feira (15), representando o Brasil na final da das argolas da ginástica artística masculina nos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro.

O ginasta de 1,56 m chegou com status de favorito à disputa. Tricampeão sul-americano, bicampeão universitário, bicampeão pan-americano, foi também campeão mundial e olímpico (Londres 2012).

Ele foi campeão na Olimpíada de Londres 2012 com a nota 15.900.

Na Rio 2016 fez uma boa execução, alcançando a nota 15.766. Porém, ela garantiu o bi olímpico.

O grego Eleftherios Petrounias, atual campeão mundial, cravou tudo. E ficou com a medalha de ouro depois uma invejável nota 16.000. Zanetti ficou com a prata. O russo Denis Ablyazin completou o pódio.

Veja a classificação da final das argolas:

1º - Eleftherious Petrounias (GRE) - 16.000

2º - Arthur Zanetti (BRA) - 15.766

3º - Denis Abliazin (RUS) - 15.700

4º - Yang Liu (CHN) - 15.600

5º - Igor Radivilov (UCR) - 15.466

6º - Hao You (CHN) - 15.400

7º - Danny Pinheiros Rodrigues (FRA) - 15.233

8º - Dennis Goossens (BEL) - 14.933

Ginástica artística x Machismo

Em entrevista ao HuffPost Brasil, Zanetti relatou não ter sofrido com o machismo, tão presente no Brasil, ainda que ele esteja presente na ginástica:

"Não sofri com o machismo. Quando as pessoas me encontram, elas me apoiam, querem falar comigo. E, com os resultados, ainda mais quando você ganha, você mostra o esporte. Aí dá para ver que [o machismo] é uma cultura que criaram e que não é verdadeira. Não tem essa coisa de "este esporte é só para meninas."

LEIA MAIS:

- Hypolito caiu e foi lidar com as emoções: 'Não deixei que os tombos fossem maiores que minha vontade de vencer'

- Diego Hypolito e Simone Biles 'ostentam' medalhas no Snapchat