NOTÍCIAS

Michael Phelps não para NUNCA e chega à 22ª medalha de ouro. Thiago Pereira fica fora do pódio

11/08/2016 23:46 BRT | Atualizado 11/08/2016 23:46 BRT

phelps

Michael Phelps segue fazendo história na Rio 2016.

A lenda americana venceu a prova dos 200m medley (quatro estilos) nesta quinta-feira (11) e conquistou sua 22ª medalha de ouro – a quarta nesta edição dos Jogos.

As outras medalhas douradas vieram nos 200m borboleta e nos revezamento 4 x 200m e 4 x 100m.

Também foi o tetracampeonato de Phelps nos 200m medley, estendendo o domínio desde Atenas 2004.Desde lá, ninguém vence a estrela americana.

Se Phelps nadou em 1m54s66 e confirmou o favoritismo, o mesmo não se pode dizer do brasileiro Thiago Pereira, quarto colocado nos últimos dos Jogos Olímpicos. Thiago, após ser um dos destaques nas fases classificatórias, acabou apenas em sétimo, com o tempo de 1m58s02.

thiago pereira

"Tenho o maior atleta olímpico na minha geração, do meu lado, nadando comigo nos últimos 12 anos. Mas eu estou desde 2003 ou 2004 entre o top 5 do mundo e me considero um dos grandes dessa prova”, contou Thiago Pereira, ao Uol, antes da prova.

Antes da prova, logo após conseguir a classificação, o atleta agradeceu aos adversários Phelps e ao também americano Ryan Lochte. "Tem sido uma longa jornada com vocês dois, 13 anos competindo juntos, quatro finais olímpicas juntos. Amanhã vai ser nosso último encontro pra mim, uma honra ter competido todo esse tempo com vocês. Os únicos 3 que sobraram desde 2004", escreveu o brasileiro.