NOTÍCIAS

Rio: Turistas suecos saem de Uber para fotos e acabam rendidos

04/08/2016 09:55 BRT | Atualizado 04/08/2016 09:55 BRT
NOVO! DESTAQUE E COMPARTILHE
Destaque o texto para compartilhar no Facebook e no Twitter
Mario Tama via Getty Images
RIO DE JANEIRO, BRAZIL - OCTOBER 06: A military helicopter flies overhead during a 'pacification' operation in the favela complex of Lins de Vasconcelos, in the North Zone, on October 6, 2013 in Rio de Janeiro, Brazil. The favela complex, or shanty town, was previously controlled by drug traffickers and will now be occupied by the city's 35th UPP or 'Police Pacification Unit'. The favela pacifications are occurring amid Rio de Janeiro's efforts to improve security ahead of the 2014 FIFA World Cup and 2016 Olympic Games. (Photo by Mario Tama/Getty Images)

O passeio de três turistas suecos acabou com a rota alterada na noite desta quarta-feira (3) no Rio de Janeiro. Segundo informações da Folha de S. Paulo, eles acabaram abordados por homens armados do Complexo do Lins, na zona norte do Rio, quando desceram de um carro da Uber para fazer fotos.

Os suecos passavam pela autoestrada Grajaú-Jacarepaguá, que liga as zona norte e oeste do Rio, e pediram para o carro parar quando passavam pelo alto da Grajaú-Jacarepaguá. De acordo com o motorista, eles quiseram descer e fotografar.

O motorista da Uber afirmou ter ouvido um barulho semelhante a um tiro e foi em direção à 25ª DP (Engenho Novo) da Polícia Civil. O Bope (Batalhão de Operações Especiais) tentaram localizar os turistas, mas, foram informados de que os turistas já haviam saído da favela e retornado ao hotel.

Segundo O Globo, os suecos relataram aos agentes que não haviam sido roubados e que foram liberados pelos suspeitos após mostrarem as fotos. Eles desceram a estrada e embarcaram em um táxi, voltando ao hotel no Centro.