NOTÍCIAS

Prédio da Austrália na Vila Olímpica tem princípio de incêndio

29/07/2016 18:55 -03 | Atualizado 29/07/2016 18:55 -03
Gabriel Heusi/brasil2016.gov.br

Um princípio de incêndio no prédio da Austrália na Vila Olímpica fez com que todos os atletas tivessem que deixar os apartamentos nesta sexta-feira (29). De acordo com o G1, uma fumaça forte invadiu o prédio.

O Corpo de bombeiros informou ao site que o princípio de incêndio foi causado por uma guimba de cigarro jogada sobre caixas de papelão. Ninguém ficou ferido.

Este é mais um incidente na estadia da delegação australiana no Rio. Ao chegar na Vila Olímpica, no último domingo (24), os australianos reclamaram das condições em que os apartamentos foram entregues, consideraram o local “inabitável”.

O prefeito do Rio de Janeiro, Eduardo Paes, disse que estava fazendo o possível para resolver os problemas e que estava "quase botando um canguru na frente para pular na frente deles” para os atletas se sentirem mais em casa.

A brincadeira foi mal vista. E o prefeito fez um pedido de desculpas formal, na última quarta-feira (27).

"Vim aqui para uma desculpa formal. Sei que o canguru é um símbolo do país e sei que não era momento de fazer brincadeira. Eu sabia que vocês se sentiriam em casa com um canguru aqui, mas as pessoas disseram que isso não era uma coisa educada de se dizer. Acabou causando um problema”, disse.

LEIA TAMBÉM:

- Atletas gregos dão um jeitinho de driblar a crise para participar da Rio 2016

- Paes pede desculpa formal e ganha canguru da delegação australiana

- Não eram só 'ajustes'? Metade dos prédios da Vila Olímpica não estão prontos