NOTÍCIAS

De 'protagonista' a 'espectadora', Dilma diz NÃO ao convite para a Olimpíada

28/07/2016 14:26 -03 | Atualizado 28/07/2016 14:26 -03
Victor Moriyama via Getty Images
SAO PAULO, BRAZIL - JULY 8: Brazilian suspended President Dilma Rousseff participates in a rally of women in defense of democracy on July 8, 2016 in Sao Paulo, Brazil. (Photo by Victor Moriyama/Getty Images)

A presidente afastada Dilma Rousseff rejeitou o convite para participar da abertura da Olimpíada no Rio de Janeiro. No Twitter, ela disse que não vai participar como “espectadora” de um ato que foi “protagonista”.

Dilma também afirmou que está tudo pronto para os jogos e alfinetou a gestão carioca. Segundo ela, a Vila dos Atletas, responsabilidade da Prefeitura do Rio de Janeiro, é a única com problemas de infraestrutura.

A presidente afastada já tinha afirmado no início da semana que não participaria do megaevento em uma posição “secundária”. Além dela, os ex-presidentes Lula e Fernando Henrique Cardoso também afirmaram que não vão participar da abertura dos jogos.

LEIA TAMBÉM:

- Fora Temer e fora Dilma: Maioria dos brasileiros quer novas eleições, diz pesquisa

- Dilma ganha mais 30 dias para explicar contas do governo em 2015

- Faltando 8 dias para abertura da Rio 2016, outro suspeito de terrorismo é preso