NOTÍCIAS

Pesquisa aponta que maioria dos eleitores republicanos apoiam legalização da maconha

27/07/2016 16:12 -03
Getty / Gettystock

Os eleitores republicanos escolheram, em sua maioria, Donald Trump para concorrer com a democrata Hillary Clinton à presidência dos Estados Unidos em novembro.

Trump representa uma agenda ultraconservadora que fala em expulsar imigrantes, criar um muro na fronteira com o México, mas também fala em corte de impostos aos mais ricos e no incentivo aos negócios sobre praticamente tudo e todos.

Este mesmo eleitor, considerado conservador, virou a chave quando o assunto é legalização da maconha. A pesquisa mais recente divulgada pelo YouGov mostra que a maioria dos republicanos já não é mais favorável à proibição da droga.

Segundo a pesquisa, atualmente, 45% dos republicanos se declaram favoráveis à legalização da erva, ante 42% contrários.

Em dezembro do ano passado, os republicanos eram - ainda - mais conservadores. 50% se declaram contrários e apenas 36% acreditava na legalização. Em janeiro do ano passado, a rejeição era ainda maior: 59% não aprovava a legalização.

republicans

Apenas como base de comparação, entre os democratas, apenas 25% reprova a legalização, ante 63% de apoiadores da medida. Entre os eleitores que se declaram independentes, o apoio é de 55% e a rejeição de 33%.

Foram ouvidos 1 mil eleitores. Para os dados completos da pesquisa, é só clicar aqui.

LEIA TAMBÉM:

- Água batizada nos EUA: 'Terra da maconha' tem THC até na água

- Ativistas pedem doações de US$ 4,20 para Bernie no Dia da Maconha

- Em um ano, Colorado arrecada R$ 530 milhões em impostos com venda de maconha

- O que os pré-candidatos democratas à presidência dos EUA pensam da maconha?