NOTÍCIAS

Autora de discurso de Melania Trump assume culpa por plágio

20/07/2016 17:00 BRT | Atualizado 20/07/2016 17:00 BRT
NOVO! DESTAQUE E COMPARTILHE
Destaque o texto para compartilhar no Facebook e no Twitter
ASSOCIATED PRESS
Melania Trump, wife of Republican Presidential Candidate Donald Trump waves as she speaks during the opening day of the Republican National Convention in Cleveland, Monday, July 18, 2016. (AP Photo/J. Scott Applewhite)

A autora do discurso proferido pela esposa do magnata Donald Trump, Melania, que foi acusada de plágio, admitiu ter cometido um erro e pediu demissão da equipe de campanha do candidato republicano à Casa Branca.

O discurso feito por Melania na abertura da Convenção do Partido Republicano causou controvérsia por conter trechos idênticos ao pronunciamento de Michelle, mulher do atual líder americano Barack Obama. O discurso de Michelle foi proferido em 2008, quando foi dada a largada para a candidatura de Obama.

Ao admitir o erro, a redatora Meredith McIver, que é amiga e "admiradora" da família do empresário, se disse disposta a renunciar à função, mas foi convidada por Trump a ficar. Meredith McIver trabalha para a empresa privada de Trump, e não para o comitê de sua campanha presidencial. Ela assumiu a culpa por meio de uma declaração em papel timbrado da Trump Organization.

A redatora disse que, ao trabalhar na elaboração do discurso, discutiu muito com Melania Trump sobre as pessoas que poderiam inspirar a mensagem que a mulher do empresário gostaria de passar para o povo norte-americano. Em um dos momentos da conversa, Meredith disse que Melania manifestou que "uma pessoa de quem ela sempre gostou é Michelle Obama."

E acrescentou: "Por telefone, ela [Melania] leu para mim algumas passagens do discurso de Michelle Obama, como exemplos. Eu escrevi as passagens e posteriormente incluí os trechos das frases no projeto, finalmente, tornou-se o discurso final".

Meredith disse ainda que não checou os discursos de Michelle. "Este foi o meu erro, e eu me sinto péssima por causa do caos que o fato provocou para Melania, para os Trump, bem como para a senhora [Michelle] Obama. [Mas] nenhum dano foi causado."

Ela conta ainda que, ao pedir demissão para Trump, o magnata recusou sua saída. "Ele me disse que as pessoas cometem erros inocentes e que nós aprendemos e crescemos com essas experiências".

"Peço desculpas pela confusão e histeria que meu erro causou. Hoje, mais do que nunca, eu estou honrada de trabalhar para essa família incrível. Eu, pessoalmente, admiro o jeito que Trump lidou com essa situação e estou grata por sua compreensão".