NOTÍCIAS

Morre Elie Wiesel, sobrevivente do Holocausto e Nobel da Paz

02/07/2016 19:24 BRT | Atualizado 02/07/2016 19:24 BRT
Gary Cameron / Reuters
Nobel Peace Laureate Elie Wiesel is seen before participating in a roundtable discussion on "The Meaning of Never Again: Guarding Against a Nuclear Iran" on Capitol Hill in Washington March 2, 2015. REUTERS/Gary Cameron (UNITED STATES - Tags: POLITICS)

Elie Wiesel, sobrevivente do Holocausto, que se tornou escritor influente e que ganhou o Prêmio Nobel da Paz na década de 1980, morreu neste sábado, aos 87 anos, informou o Museu da História do Holocausto em Israel.

Nascido em 1928 na Romênia, Wiesel escreveu muito durante o seu cativeiro nos campos de concentração nazistas. Ele é autor de 50 livros, sendo quatro sobre o holocausto.

O escritor dedicou sua vida à defesa dos direitos humanos e à luta contra a opressão no mundo. Sua dedicação valeu o Nobel da Paz, em 1986.

Nascido em uma família ultra-ortodoxa judaica, perdeu nos campos nazistas uma irmã e os pais. Ele e outras duas irmãs sobreviveram e, quando libertados, foram a Paris estudar na Universidade de Sorbone. Depois de formado, também trabalhou como jornalista.

LEIA MAIS:

- Artista espanhol faz homenagem LINDA a ativista que enfrentou nazistas na Suécia