NOTÍCIAS

Natura amplia licença-paternidade para 40 dias a todos seus funcionários

29/06/2016 11:41 BRT | Atualizado 29/06/2016 11:41 BRT
NOVO! DESTAQUE E COMPARTILHE
Destaque o texto para compartilhar no Facebook e no Twitter
Inti St Clair via Getty Images
Caucasian gay couple cuddling baby boy

A multinacional de cosméticos Natura anunciou que vai ampliar de cinco para 40 dias a licença-paternidade remunerada concedida a todos os funcionários, inclusive a casais do mesmo sexo e em casos de adoção.

O período é o dobro do estabelecido pelo Marco Legal da Primeira Infância, sancionado em março pela presidente afastada Dilma Rousseff, para funcionários de empresas privadas e públicas. Apesar de sancionada, a licença estendida é facultativa e se aplica somente às empresas que fizerem a adesão ao Programa Empresa Cidadã.

Em nota, a Natura justificou a ampliação da licença pela importância da "proximidade do pai nesse período" e, principalmente, "para ele estabelecer vínculo com o bebê". Se juntar com as férias, o período de licença para o pai pode ser de até 70 dias.

“A decisão de estender a licença-paternidade está em sintonia com nossos esforços para alcançar a equidade de gêneros”, diz Fátima Rossetto, diretora de Educação e Desenvolvimento da Natura.

Além da licença-paternidade estendida, a empresa já possui outras iniciativas que beneficiam pais e as mães, como berçário e creche para os filhos de até três anos, que permitem que mães amamentem durante a jornada de trabalho, e concessão de licença maternidade de seis meses, dois meses a mais que os quatro previstos na lei brasileira.

LEIA MAIS:

- Decreto amplia licença-paternidade no serviço público para 20 dias

- 6 motivos pelos quais toda empresa deveria aderir à licença paternidade de 20 dias