NOTÍCIAS

Depois do referendo, londrinos pedem uma capital independente

24/06/2016 17:51 -03 | Atualizado 24/06/2016 17:51 -03
Rob Stothard via Getty Images
LONDON, ENGLAND - JUNE 24: A general view of the Houses of Parliament seen from the Royal Festival Hall on June 24, 2016 in London, United Kingdom. The United Kingdom has gone to the polls to decide whether or not the country wishes to remain within the European Union. After a hard fought campaign from both REMAIN and LEAVE the vote is too close to call. A result on the referendum is expected on Friday morning. (Photo by Rob Stothard/Getty Images)

Enquanto os britânicos digerem a decisão sísmica de abandonar a União Europeia, alguns acreditam que o resultado pode levar a novos movimentos secessionistas.

O ex-premiê escocês Alex Salmond disse estar “bastante certo” de que Nicola Sturgeon pediria uma nova votação a respeito da independência da Escócia, enquanto o Sinn Fein pediu um referendo sobre a reunificação da Irlanda.

Mas a população de Londres também entrou na briga, pedindo a secessão da cidade.

“Será que Londres” entrou para os trending topics da capital. Muitos moradores da cidade (https://twitter.com/search?q=%22Can%20London%22&src=tren) também querem independência...

Londres pode chamar um referendo de “independência do Reino Unido”?


Como fazemos para Londres sair do Reino Unido?


O Reino Unido pode sair da UE, mas Londres pode sair do Reino Unido e permanecer na UE? Não queremos sofrer com a bagunça que vocês fizeram, não merecemos isso.


Londres e a Escócia não podem permanecer?


Agora Londres pode votar para sair do país e unir-se à Europa?


Londres pode decidir sair do Reino Unido? Sou a favor.


Alguns sugeriram que Londres poderia se tornar um país, junto com uma Escócia independente e a Irlanda ou a Irlanda do Norte.

Se a Escócia pode se separar e voltar, e Londres? Votaria totalmente por uma cidade-Estado bela, diversa, progressiva, governada por @SadiqKhan


Londres, Escócia e Irlanda podem formar seu próprio país?


Fazemos criar um Estado separado para Londres? Sadiq Khan pode ser nosso líder. A Escócia pode se unir também. Quem topa?


OK Escócia, hora daquele segundo referendo e sou TOTALMENTE a favor agora. Quer se unir a nós, Londres? Podemos chamar Scotlond.


Londres não pode se unir à Escócia e à Irlanda do Norte para sair da Inglaterra?


Nicola Sturgeon disse que ela e o prefeito de Londres, Sadiq Khan, têm o mesmo ponto de vista a respeito de suas áreas permanecerem na UE.

Ela afirmou: “Conversei hoje com Sadiq Khan e está claro para ele que ele tem esse objetivo para Londres, então temos essa causa comum para nós dois”.

A maioria dos distritos londrinos votou pela permanência na UE.

O resultado na cidade foi de 59,9% (2,26 milhões) a favor de continuar como parte do bloco. Em certas áreas, a porcentagem superou 70%.

A campanha pela saída obteve milhões de votos no norte e na região central da Inglaterra, além do País de Gales.

O Financial Times afirmou que os bancos estão divididos a respeito das implicações da Brexit para a City de Londres, o coração da indústria financeira britânica.

O jornal observa que bancos estrangeiros podem mandar seus funcionários para outras cidades europeias, como Frankfurt, Dublin, Paris, Varsóvia e Lisboa.

Apesar de as pesquisas indicarem uma ligeira vantagem pela permanência, houve massivo comparecimento dos eleitores anti-UE.

Uma petição para a realização de um segundo referendo sobre o tema derrubou o site do Parlamento.

Horas depois do resultado histórico, mais de 60 mil cidadãos já haviam assinado.

A petição afirma:

“Nós subscritos pedimos que o Governo de Vossa Majestade implemente uma regra segundo a qual, se a saída ou a permanência receberem menos de 60% dos votos, baseados em uma taxa de comparecimento inferior a 75%, deve haver um novo referendo.”

A taxa de comparecimento no referendo de ontem foi de 72,2% (46 500 0001 pessoas): 51,9% votaram pela saída, 48,1% pela permanência.

Eis como o país votou:

A Escócia votou pela permanência, por 62% a 38%.

A Irlanda do Norte votou a favor de permanecer na UE, por 55,7% a 44,3%.

O País de Gales votou 51,7% a 48,3% pela saída.

Este artigo foi originalmente publicado pelo HuffPost UK e traduzido do inglês.

LEIA MAIS:

- A União Europeia perdeu o Reino Unido, mas a galera não perde a piada

- Explicando Brexit: Se Donald Trump aprovou é porque NÃO é bom