NOTÍCIAS

PROGRESSO! Irlanda do Norte autoriza gays a doarem sangue

03/06/2016 11:15 -03 | Atualizado 03/06/2016 11:15 -03
THOMAS FREDBERG/SCIENCE PHOTO LIBRARY via Getty Images
Blood donation clinic. Bags of donated red blood cells hanging in a blood donation centre. The red blood cells have been separated from the plasma and platelets.

A Irlanda do Norte anunciou, nesta semana, o fim da proibição que homossexuais sejam doadores de sangue.

Segundo a BBC a medida entra em vigor no primeiro dia de setembro. Atualmente, homens que se relacionem com pessoas do mesmo sexo são proibidos, durante a vida inteira, de serem doadores.

A regra vigora desde a década de 1980, mesma época em que a epidemia do vírus HIV surgiu no mundo. No entanto, outros países do Reino Unido, como a Inglaterra, e Escócia e o País de Gales revogaram a regra há cinco anos, em 2011.

Com a mudança na Irlanda do Norte, vão vigorar por lá as mesmas regras que valem no resto do Reino Unido: no momento da doação, os homens homossexuais e bissexuais devem estar há pelo menos um ano sem manter relações sexuais.

Mesmo com a proibição que vai vigorar até setembro, os hospitais da Irlanda do Norte recebem sangue doado em outros países do Reino Unido, onde a restrição de um ano já é aplicada.

De acordo com o departamento de saúde do país, a decisão foi tomada após pesquisas mostrarem que o risco de que um paciente contraia o vírus HIV a partir de doações de sangue é mais baixo com a política que será adotada do que com a proibição vitalícia.

De acordo com a ministra da saúde da Irlanda do Norte, Michelle O’Neill a mudança é baseada em evidências científicas sólidas, mas ainda é muito importante que as novas regras sejam seguidas à risca. "Nem todo o teste é 100% preciso, então é de importância vital que as regras sejam seguidas", afirmou ao Irish Times.