NOTÍCIAS

Lobão sobre estupro de jovem: 'País é uma fábrica de mini-putas'

27/05/2016 18:34 BRT | Atualizado 26/01/2017 22:32 BRST
Mauricio Santana/CON via Getty Images
SAO PAULO, BRAZIL - MAY 27: Lobao attends an autograph session to present his new book 'Lobão Manifesto do Nada na Terra do Nunca' at the Livraria Cultura on May 27, 2013 in Sao Paulo, Brazil. (Photo by Mauricio Santana/LatinContent/Getty Images)

O cantor Lobão voltou a causar polêmica nas redes sociais ao tentar comentar o estupro de uma jovem de 16 anos, que foi violentada na semana passada por 33 homens, no Rio de Janeiro. Segundo o músico, "não é de se surpreender esses lamentáveis casos de estupro" no Brasil. No Twitter, ele afirmou que o País "fabrica mini-putas" e tem "uma farta erotização preconce".

Minutos depois dos tuítes, milhares de internautas começaram a criticar a declaração do cantor e o acusaram de culpabilizar a vítima do estupro, em vez dos 33 homens responsáveis pelo crime.

Horas depois, o cantor tentou justificar a sua opinião e disse que não quis culpar a vítima pelo crime.

Em troca, o cantor recebeu um vomitaço dos seguidores nas redes sociais.

vomitaço