NOTÍCIAS

Restos mortais recuperados de avião da EgyptAir sugerem que houve explosão a bordo, diz especialista

24/05/2016 10:41 BRT | Atualizado 26/01/2017 22:32 BRST
NOVO! DESTAQUE E COMPARTILHE
Destaque o texto para compartilhar no Facebook e no Twitter
STR via Getty Images
Relatives and friends of EgyptAir hostess Yara Hani, who was onboard Flight MS804 from Paris to Cairo shortly before it plunged into the Mediterranean, mourn during a ceremony at a church in Cairo on May 21, 2016. Smoke was detected inside an EgyptAir plane shortly before it plunged into the Mediterranean with 66 people on board, investigators said, offering clues but no answers about why it crashed. The Airbus A320 had been flying from Paris to Cairo early Thursday when it plummeted and turned full circle before vanishing from radar screens, without its crew sending a distress signal. / AFP / STR (Photo credit should read STR/AFP/Getty Images)

Os restos de corpos recuperados até o momento de destroços do avião da EgyptAir sugerem que houve uma explosão a bordo, disseram nesta terça-feira uma fonte egípcia de análise forense e fontes da investigação.

A autoridade usou como base da análise o tamanho pequeno dos pedaços de corpos recuperados do local no Mar Mediterrâneo. Investigadores ainda não encontraram quaisquer traços de explosivos que poderiam sugerir que foi causada por uma bomba, disseram as fontes.

"O tamanho dos restos mortais indicam para uma explosão, a maior parte é do tamanho da palma de uma mão. Alguns dos destroços começaram a chegar no domingo em cerca de 23 sacolas", disse a autoridade de análise forense.

Mas outra autoridade disse que somente um pequeno número de restos mortais chegaram até o momento e que é cedo para especificar se houve uma explosão a bordo.

LEIA MAIS:

- Avião da EgyptAir enviou mensagens de falhas e fumaça momentos antes da queda