NOTÍCIAS

Avião da EgyptAir enviou mensagens de falhas e fumaça momentos antes da queda

21/05/2016 11:16 BRT | Atualizado 26/01/2017 22:31 BRST
AFP via Getty Images
TOPSHOT - Relatives and friends of passengers of the EgyptAir plane that crashed in the Mediterranean, comfort each other on May 20, 2016 during prayers at Abou Bakr el-Sedek mosque in Cairo. Egypt found wreckage including seats and luggage from the EgyptAir plane, as investigators tried to unravel the mystery of why it swerved and plummeted into the sea. Search teams spotted personal belongings of passengers and parts of the Airbus A320 about 290 kilometres (180 miles) north of Egypt's coastal city of Alexandria, the military said. / AFP / MOHAMED METEAB (Photo credit should read MOHAMED METEAB/AFP/Getty Images)

O avião da companhia EgyptAir, voo MS-804, enviou uma série de mensagens automáticas momentos antes de cair, no qual indicava que o sistema de controle de voo apresentava falhas e fumaça havia sido identificada dentro da aeronave, informou o departamento de acidente aéreo da França.

Segundo o porta-voz do departamento e outras fontes próximas ao assunto, as mensagens são a primeira pista concreta do ocorrido imediatamente antes da queda do Airbus A320 no Mar Mediterrâneo, mas ainda não são suficientes para determinar os motivos.

Dessa forma, o departamento reiterou a importância dos times de busca, que agora trabalham pelo terceiro dia à procura de mais destroços e das caixas-pretas.

A descoberta do envio das mensagens veio na sequência da localização dos primeiros destroços do avião e restos mortais no mar, na sexta-feira.

Ontem, a França confirmou o envio de navio com equipamentos especializados para ajudar na localização dos destroços e das caixas-pretas, que guardam informações vitais sobre as conversas entre a tripulação e o desempenho dos sistemas. Dois mergulhadores especializados também estão a bordo do navio, informou o ministro de Defesa francês.

O Airbus A320 da EgyptAir caiu no Mar Mediterrâneo na quinta-feira (19). O avião do voo 804 partiu do Aeroporto Charles de Gaulle, nas proximidades de Paris, por volta das 23h09 (horário local) rumo ao Cairo com 66 passageiros a bordo e tripulantes. A aeronave voava a 37 mil pés de altura, quando fez uma manobra brusca e desapareceu dos radares.

LEIA MAIS:

- Autoridades trabalham hipótese de atentado terrorista contra avião da Egyptair

- Egito diz que localizou destroços do avião da EgyptAir no Mediterrâneo