NOTÍCIAS

O que têm em comum Mulheres, idosos e deficientes? O possível novo ministério do Temer

20/05/2016 17:47 -03 | Atualizado 26/01/2017 22:31 -02
Presidência da República

O presidente em exercício Michel Temer tem buscado uma maneira de minimizar os impactos negativos de ter anunciado um ministério sem nenhuma integrante mulher no primeiro escalão.

Em reunião com deputadas da base aliada da Bancada Feminina, o Temer chegou a falar na criação de um ministério para as mulheres, idosos e deficientes.

De acordo com o Blog do Fernando Rodrigues, o peemedebista não disse quando efetivamente a pasta poderá ser criada.

“Ele disse que está cogitando isso (o novo ministério) para os próximos meses. É uma área à qual ele quer dar prioridade”, disse a deputada federal Mara Gabrilli (PSDB-SP) ao blog.

A Esplanada do presidente em exercício é a primeira desde o governo e desde o governo Ernesto Geisel (1974-1979) a não contar com mulheres ministras. O anúncio foi mal recebido entre as mulheres. Na quinta-feira (19), a presidente afastada Dilma Rousseff criticou a estrutura do governo Temer.

Segundo ela, as mulheres não querem ser tratadas como um fetiche decorativo. "Ao contrário do que alguns pensam, as mulheres têm apurado senso crítico e, por isso, são muito sensíveis a todas as tentativas de uso indevido da sua condição feminina”, disse.

LEIA TAMBÉM:

- Investigado por homicídio e chantagem, contra os direitos das mulheres e LGBTs: Esse é o líder do governo na câmara

- Governo Temer suspende todas as novas contratações do Minha Casa Minha Vida

- Escolhido para Petrobras diz que recebeu 'orientação clara' de Temer para vetar indicação política