NOTÍCIAS

Mujica diz que Maduro está 'louco como uma cabra' depois de presidente suspeitar que secretário uruguaio seria 'agente da CIA'

19/05/2016 10:41 BRT | Atualizado 26/01/2017 22:31 BRST
NOVO! DESTAQUE E COMPARTILHE
Destaque o texto para compartilhar no Facebook e no Twitter
LEO RAMIREZ via Getty Images
Venezuelan President Nicolas Maduro (R) greets his Uruguayan counterpart Jose 'Pepe' Mujica during an official visit at Miraflores Presidential Palace in Caracas on November 12, 2013. AFP PHOTO/Leo RAMIREZ (Photo credit should read LEO RAMIREZ/AFP/Getty Images)

O ex-presidente do Uruguai e agora senador José Mujica disse que o presidente venezuelano, Nicolás Maduro, está "louco como uma cabra".

A declaração foi uma resposta ao chavista depois que ele afirmou que o secretário-geral da OEA (Organização dos Estados Americanos), o uruguaio Luis Almagro, seria um "agente da CIA".

"Estão todos loucos na Venezuela. Eles falam de tudo e assim não vão resolver nada", disse Mujica, conforme o portal uruguaio Subrayado noticiou na última quarta-feira (18).

Luis Almagro, que já foi ministro das Relações Exteriores do Uruguai entre 2010 e 2015, declarou que a suspeita é "um absurdo". Em uma carta oficial ao presidente da Venezuela, o secretário-geral rebateu que ele "não é agente da CIA" e que sua mentira, mesmo que repetida mil vezes, "nunca será verdade."

"Não sou traidor. Não sou traidor nem de ideias, nem de princípios', retrucou o uruguaio. "Mas você é".

"É traidor da ética política (...). Negar a consulta ao seu povo, negar a possibilidade deles decidirem, te transforma em um 'ditadorzinho', como tantos outros que tivemos no continente."

LEIA MAIS:

- Em visita ao Rio, Mujica defende descriminalização da maconha: 'O tráfico é muito pior que a droga'

- Na Venezuela, comer 3 vezes ao dia virou um luxo