ENTRETENIMENTO

Sessão de 'Aquarius' em Cannes é marcada por protestos contra o impeachment de Dilma Rousseff (VÍDEO)

17/05/2016 12:19 -03 | Atualizado 26/01/2017 22:24 -02
Jean-Paul Pelissier / Reuters
Director Kleber Mendonca Filho (2ndR) and cast members Maeve Jinkings (L), Sonia Braga (2ndL), Carla Ribas (C) and Irandhir Santos hold placards to protest against the impeachment of suspended Brazilian President Dilma Rousseff on the red carpet as they arrive for the screening of the film "Aquarius" in competition at the 69th Cannes Film Festival in Cannes, France, May 17, 2016. REUTERS/Jean-Paul Pelissier

O Festival de Cannes 2016 foi palco de protestos contra o governo interino de Michel Temer nesta terça-feira (17).

Na sessão de gala de Aquarius, filme brasileiro candidato à Palma de Ouro, o diretor Kleber Mendonça Filho - acompanhado dos atores Humberto Carrão, Maeve Jinkings e outros integrantes do elenco - exibiram pequenos cartazes com frases em inglês que diziam:

“Um golpe está acontecendo no Brasil”;

“54 milhões de votos foram queimados”;

“Dilma, vamos resistir com você”.

Além de cartaz, um dos integrantes abriu sua camisa, mostrando a imagem da presidente afastada Dilma Rousseff estampada em vermelho.

De acordo com o UOL, durante a passagem pelo tapete vermelho, convidados da sessão e outros membros da equipe também exibiram cartazes com os dizeres (em inglês):

“Nós resistiremos”;

“O povo não pode aceitar um governo ilegítimo”;

“Brasil não é mais uma democracia”.

Já na sala de exibição, os convidados do filme estenderam uma faixa com a frase “Stop the coup in Brazil” (Parem com o golpe no Brasil). Segundo apuração do jornal O Globo, dezenas de brasileiros presentes na sessão aplaudiram o protesto. E uma das pessoas chegou a gritar: “Fora, Temer!”.

O filme

Protagonizado por Sonia Braga, Aquarius conta a história de uma crítica de música aposentada que entra em uma disputa com um rico empresário que quer demolir seu prédio para construir um novo empreendimento. O edifício é o último de seu estilo na cidade de Boa Viagem, no Recife. Kleber Mendonça Filho é o mesmo diretor do premiado O Som ao Redor.

No início da manhã, antes da sessão de gala, diretor e atriz falaram sobre o atual cenário político brasileiro em uma entrevista à agência AFP. O cineasta afirmou: “O que está acontecendo é um golpe de Estado”. Sonia, que divide seu tempo entre Brasil e EUA disse:

"Eu moro nos Estados Unidos, mas também no Brasil, tenho família e amigos lá e penso que o que está acontecendo, a manipulação da tomada do poder, tem que ser exposto ao mundo inteiro. Uma das coisas que mais me preocupa é como o Brasil está dividido. Nunca havia visto o meu país tão dividido.”

Agradecimento

Por meio de seu perfil no Twitter, a presidente afastada Dilma Rousseff agradeceu o apoio do diretor e elenco de Aquarius.

LEIA MAIS:

- Marca do novo governo foi escolhida pelo filho de Temer, Michelzinho, de 7 anos, diz Folha

- Entrevista de Temer no Fantástico é acompanhada de panelaços em SP, Rio e Brasília