NOTÍCIAS

INCRÍVEL: Avião movido exclusivamente a energia solar atravessa Oceano Pacífico

24/04/2016 11:52 BRT | Atualizado 27/01/2017 00:31 BRST
Handout via Getty Images
SAN FRANCISCO - APRIL 23: 'Solar Impulse 2', a solar powered plane piloted by Swiss adventurer Bertrand Piccard, is flying over the Golden Gate bridge in San Francisco, California on April 23, 2016, after a flight from Hawaii, where he took off on 21-April-2016 for a non-stop three day flight to cover about 3,760 kilometers / 2,336 miles. (Photo by Jean Revillard-Handout/Getty Images)

O avião Solar Impulse 2 chegou neste domingo (24) à Califórnia, nos Estados Unidos, depois de atravessar o Oceano Pacífico, etapa mais perigosa da volta ao mundo executada pela primeira aeronave movida exclusivamente com a energia do sol.

A aeronave pousou na localidade de Mountain View, ao sul de São Francisco, às 23h44 (horário local), segundo informou a página do projeto na internet.

O Solar Impulse 2, pilotado por um dos seus criadores, o suíço Bertrand Piccard, voou durante três dias e três noites, saindo do Havaí, e percorreu 4.528 quilômetros.

Concluída esta etapa, considerada a mais perigosa pela falta de pontos para pouso em caso de emergência, o avião solar completou o trajeto que cruzava o Pacífico e que foi iniciado em 2015 pelo outro criador do projeto, o também suíço André Broschberg.

No Havaí, de onde partiu na última quinta-feira (21), a aeronave ficou parada durante quase 300 dias, para o reparo de avarias que ocorreram durante um voo que partiu do Japão.

A expectativa agora é que o avião solar prossiga até Nova Iorque, de onde seguirá para a Europa, para o norte de África e, finalmente, para Abu Dhabi, nos Emirados Árabes, onde começou a viagem, em março de 2015.

O projeto visa demonstrar ao mundo as potencialidades das energias renováveis.