NOTÍCIAS
20/04/2016 13:28 -03 | Atualizado 27/01/2017 00:31 -02

Debandada: mais um ministro do PMDB promete deixar o governo Dilma Rousseff

O ministro de Minas e Energia, Eduardo Braga, disse nesta quarta-feira que comunicou à presidente Dilma Rousseff que está deixando o cargo e que retornará ao Senado, no momento em que a Casa discute o pedido de impeachment.

Braga, senador do PMDB pelo Amazonas, afirmou ainda a jornalistas que estará de licença médica por alguns dias e que sua suplente e esposa, Sandra Braga, deverá representá-lo na votação sobre a admissibilidade do processo de impeachment de Dilma no Senado, no próximo mês. Braga defendeu a presidente na semana passada, dizendo que o processo era político.

LEIA TAMBÉM:

- Joaquim Barbosa sobre votação do impeachment: 'De chorar de vergonha!'

- Contra Cunha e Temer, cresce discurso por novas eleições

- Deputados pronunciaram FAMÍLIA mais de 150 vezes no plenário e PEDALADAS 18 vezes