NOTÍCIAS

Vídeo mostra que Eduardo Bolsonaro revida cuspe de Jean Wyllys

19/04/2016 17:43 -03 | Atualizado 27/01/2017 00:31 -02
Montagem/Agência Brasil

Um vídeo, divulgado no Twitter, mostra que o filho do deputado Jair Bolsonaro (PSC-RJ), Eduardo Bolsonaro (PSC-SP) revidou o cuspe do deputado Jean Wyllys (PSol-RJ) em seu pai.


Jean Wyllys diz que o cuspe foi uma reação às ofensas e ao discurso de Bolsonaro.

Segundo a assessoria do parlamentar, ele foi xingado de "viado", "boiola" e "queima-rosca”. Na justificativa do voto pelo impeachment da presidente Dilma Rousseff, Bolsonaro parabenizou o presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), e disse que "perderam em 1964 e perderam em 2016”, além de dizer que estava votando pela memória do coronel Carlos Alberto Brilhante Ustra, réu por totura na ditadura.

Na segunda-feira (18), Eduardo Bolsonaro divulgou um vídeo no qual condenou o ato de Jean e disse que ele se vitimizar.

"Eu ouvi muita coisa que eu não postei, Marighella chamado de heróis, MST chamado de movimento justo, nem por isso, eu cuspi em alguém. Essa não é a conduta de um parlamentar e, graças a Deus, tudo foi filmado."

E finaliza: “Um abraço para você, que é homossexual, que é afrodescendente, que não concorda com tudo isso que acontece no nosso País”.

LEIA TAMBÉM:

- ASSISTA: Após ser xingado de 'boiola' e 'viado', Jean Wyllys tenta cuspir em Bolsonaro

- Boechat tem um recado para Bolsonaro: 'Torturador é o tipo mais baixo da natureza'

- O que acontece quando um deputado homenageia um torturador em rede nacional?