NOTÍCIAS

Líder do governo reconhece derrota: 'Os golpistas venceram aqui na Câmara'

17/04/2016 22:46 -03 | Atualizado 27/01/2017 00:31 -02
Zeca Ribeiro / Câmara dos Deputados

O líder do governo da Câmara, deputado José Guimarães (PT-CE), reconheceu a derrota antes mesmo do resultado oficial. De acordo com ele, o Planalto aposta agora na mobilização social e no Senado para barrar o afastamento da presidente Dilma Rousseff.

"Os golpistas venceram aqui na Câmara, mas a luta continua nas ruas e no Senado", afirmou. A batalha jurídica ficará por conta da Advocacia-Geral da União. Guimarães descartou a possibilidade de convocação de eleições gerais.

O petista disse ainda que o vice-presidente Michel Temer "não tem condições de governar o país" e criticou o presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha (PMDB-RJ). "Nós perdemos porque os golpistas foram mais fortes, encabeçados pelo Eduardo Cunha", afirmou.

LEIA TAMBÉM:

- Cunha avisa: Há outros 10 pedidos de impeachment contra Dilma na fila

- Governo e oposição brigam até último momento pelos votos dos indecisos sobre impeachment

- Muro em Brasília mostra que talvez tenhamos ido longe demais