NOTÍCIAS
18/04/2016 00:28 -03 | Atualizado 27/01/2017 00:31 -02

Jaques Wagner diz que vitória de impeachment na Câmara é retrocesso e espera reverter no Senado

Lula Marques/Agência PT

O ministro Jaques Wagner, chefe do gabinete pessoal da presidente Dilma Rousseff, disse neste domingo (18) que a vitória do impeachment na Câmara dos Deputados é um retrocesso.

O petista afirmou ter confiança que os senadores rejeitarão o impedimento da presidente.

A Câmara aprovou o pedido de impeachment por 367 votos favoráveis.

Eram necessários 342 votos necessários para autorizar o Senado a instaurar o procedimento de impedimento contra a petista.

Os senadores terão de decidir agora se referendam a decisão e afastam a presidente temporariamente.

LEIA MAIS:

- Deputados comemoram o 342º voto em favor do impeachment (VÍDEO)

- Bancada Evangélica aposta em governo Temer para avançar em pautas conservadoras

Ato final contra o impeachment