ENTRETENIMENTO

Cirque du Soleil cancela apresentações para se opor à lei homofóbica dos EUA

15/04/2016 19:19 -03 | Atualizado 27/01/2017 00:31 -02
Erik Kabik Photography/ MediaPunch/MediaPunch/IPx
LAS VEGAS, NV - March 18, 2016: ***HOUSE COVERAGE*** One Night for One Drop Imagined by Cirque Du Soleil featuring Leona Lewis at The Smith Center For The Performing Arts in Las vegas, NV on March 18, 2016. Credit: Erik Kabik Photography/ MediaPunch/IPX

Depois dos músicos Ringo Starr e Bruce Springsteen, agora foi a vez do Cirque du Soleil cancelar não apenas uma, mas várias apresentações na Carolina do Norte, sul dos Estados Unidos, em oposição à lei Bill House 2, que discrimina pessoas LGBT.

Nesta sexta-feira (15), a companhia de entretenimento fez o anúncio no Facebook. "Acreditamos fortemente na diversidade e na igualdade para cada indivíduo e nos opomos a discriminações de qualquer forma", comunicou.

"A nova lei HB2 aprovada na Carolina do Norte é um importante regresso para garantir os direitos humanos de todos. Portanto, cancelamos nossas performances agendadas nas cidades de Greensboro (20-24 de abril), Charlotte (6-10 de julho) e Raleigh (22-26 de junho)."


O governador republicano Pat McCrory aprovou em março a chamada "lei do banheiro", que desprotege pessoas transgêneras do direito de escolher o banheiro público que querem usar e também impede qualquer portaria estadual de proteger os direitos dos LGBT.

"O Cirque du Soleil acredita na igualdade para todos. É um princípio que guia tanto nossos funcionários quanto nossos clientes", anunciou. "Nós nos comportamos como agentes da mudança para alcançar o objetivo final de fazer um mundo melhor com nossas ações e produções."

A companhia de teatro disse também esperar que o público que comprou ingressos entenda e assegurou que todos serão reembolsados.

"Esperamos nos apresentar na Carolina do Norte quando esse problema for resolvido", disse.

Um ponto a menos para a homofobia.

LEIA MAIS:

- Ringo Starr cancela show na Carolina do Norte em oposição à lei que discrimina pessoas LGBT

- Bruce Springsteen cancela show na Carolina do Norte em oposição à lei anti-LGBT

- Cantor Bryan Adams cancela show no Mississippi em protesto contra lei anti-gays