NOTÍCIAS

Quênia censura comercial da Coca Cola por causa de cena de beijo na boca

14/04/2016 12:29 -03 | Atualizado 27/01/2017 00:31 -02

Uma cena que mostra um casal de beijando foi editada e removida de um vídeo comercial da Coca Cola que seria exibido no Quênia com o argumento de que a imagem não era adequada por "violar valores familiares".

De acordo com o Telegraph, um porta-voz da marca na África afirmou que a companhia editou o comercial de acordo com as exigências das autoridades. "Estamos comprometidos a fazer propagandas de acordo com regras locais e valores dos consumidores", afirmou a empresa.

A peça alterada deve ir ao ar nesta semana. A cena que causou polêmica dura apenas três segundos, e mostram dois estranhos se beijando em uma biblioteca.

Segundo a BBC, o Conselho de Classificações de Filmes do Quênia (KFCB, sigla em inglês), já censurou vídeos no YouTube por mostrarem cenas envolvendo casais homossexuais. A solicitação foi feita com base em "preceitos morais".

Em 2014, o mesmo órgão proibiu a exibição do filme "O Lobo de Wall Street" por causa das cenas de "nudez, sexo, libertinagem, hedonismo e maldição".