NOTÍCIAS

Por que a Polícia Federal foi acionada na confusão envolvendo Tico Santa Cruz em avião

13/04/2016 20:55 -03 | Atualizado 26/01/2017 22:53 -02
Rodrigo Wrublewski via Getty Images
SAO PAULO, BRAZIL - APRIL 09: Tico Santa Cruz of band Raimundos performs on stage before a concert by Brazilian band Charlie Brown Jr on April 9, 2010 in Sao Paulo, Brazil. (Photo by Rodrigo Wrublewski/LatinContent/Getty Images)

Alguns passageiros da Gol tiveram seu voo atrasado na manhã desta quarta-feira (13) por um motivo peculiar: o cantor Tico Santa Cruz envolveu-se em um "tumulto coletivo" dentro da aeronave por ter trocado de assento. O resultado? Os passageiros reagiram: "Vai de ônibus" e a Polícia Federal foi acionada para retirar o cantor do local.

De acordo com Tico, ele havia tentado pagar a taxa extra do assento especial oferecido pela Gol, mas não conseguiu. Então, esperou que o embarque fosse finalizado e trocou de lugar, mesmo sem ter adquirido o benefício.

Para ele, a cobrança da taxa é indevida, já que a "aeronave não é dividida entre classe econômica ou executiva, logo, não oferece nenhuma diferença no assento". Em vídeo postado no Facebook, o cantor esclareceu a sua atitude e pediu desculpas aos passageiros pelo atraso provocado:

Os seus companheiros de voo, contudo, ficaram impacientes com a confusão que foi provocada e rechaçaram a atitude do cantor de trocar de lugar indevidamente.

O vídeo publicado nas redes sociais mostra que os passageiros se posicionaram e pediram a chegada da polícia para que a ordem fosse restabelecida e o avião decolasse.

Alguns deles lembraram a posição política do artista como argumento em frases como: "Vai protestar em Brasília? Vai de ônibus" e "Cadê a polícia? Chama o japonês".

A companhia área GOL divulgou em seu perfil oficial uma nota explicativa, em que afirma que o benefício da poltrona mais conforto deve ser adquirido previamente e que a empresa não faz distinção entre seus clientes no momento em que as normas devem ser aplicadas:

A GOL Linhas Aéreas possui diversos benefícios que podem ser adquiridos para melhorar sua experiência durante o voo. Um deles, o GOL + Conforto, consiste em poltronas com mais espaço para as pernas e mais reclínio do encosto, garantindo um voo com mais comodidade.

Durante a manhã de hoje, 13 de abril, um de nossos voos sofreu atraso devido um cliente que trocou seu lugar e ocupou um destes assentos, mesmo sem o ter adquirido por um preço adicional nos canais de venda ou no momento do check-in. Por recusar a ouvir a orientação da tripulação para voltar ao seu lugar, a Policia Federal foi acionada.

A companhia reforça que não faz distinção entre clientes e que todas as normas são praticadas com todos os clientes.

A GOL lamenta o desconforto causado aos demais clientes.

LEIA MAIS:

- Foto de panda sentado em poltrona de avião engana internautas

- As PIORES cenas que você pode presenciar no avião