NOTÍCIAS

Dia de popstar: Relator do impeachment é assediado e distribui voto autografado

11/04/2016 21:52 -03 | Atualizado 26/01/2017 22:52 -02
Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil

Aprovado, o relatório pró-impeachment deu um novo status ao relator Jovair Arantes (PTB-GO), o de popstar. Logo após a votação que fez seu texto vitorioso por 38 votos diante 27 contra, Jovair foi assediado por deputados pró-impeachment.

Alguns deles, como o deputado Vitor Lippi (PSDB-SP), pediu e levou um relatório autografado para casa. Lippi agradeceu o voto e disse que estava levando a papelada para casa feliz para mostrar ao povo de Sorocaba o lado o qual ele está.

Questionado sobre os elementos da fama, Jovair respondeu animado:

“Este é o assédio de quem reconhece o meu trabalho e gostaria que ter feito porque este é o trabalho que eles fariam. Tenho certeza que todos eles fariam da mesma forma que eu.”

Em seguida, o deputado acrescentou que ele é o dia "mais importante e o dia mais visível da carreira”.

O deputado disse que o assédio foi intenso nos últimos dias. “Fiquei com as redes sociais lotadas”. Segundo ele, o sentimento é de alívio pela vitória “folgada”. “Fazíamos as contas e era arrojadíssimo.”

O próximo passo para Arantes é "descansar porque estou moído parece que passou uma máquina de moer carne."

LEIA TAMBÉM:

- Por 38 a 27, Câmara acolhe relatório favorável ao impeachment da presidente Dilma Rousseff

- 'Quem nunca'? Temer diz que discurso foi enviado para grupo errado

- Temer antecipa impeachment de Dilma e divulga áudio da vitória, diz jornal

- Cunha quer tornar a votação do impeachment em um espetáculo