NOTÍCIAS

Aedes aegypti pode transmitir doença parasitária a cachorros

06/04/2016 20:13 -03 | Atualizado 26/01/2017 22:52 -02
Getty Images/iStockphoto

Zika vírus. Febre chicungunha. Dengue. O mosquito Aedes aegypti transmite todas essas doenças para seres humanos – mas os cachorros também estão sob perigo, se picados pelo inseto.

O Aedes aegypti transmite a grave doença parasitária dirofilariose aos cães. Ela é provocada por vermes que se alojam no coração deles e pode até leva-los a morte – também é conhecida como "verme do coração". As informações são do G1.

Silenciosa, a dirofilariose só apresenta sintomas seis meses após se instalar e infeccionar as cavidades cardíacas ou artérias pulmonares. À essa altura, pode ser tarde demais para tratar o cachorro. Os de rua, por sua vez, são os mais vulneráveis, pois podem ser picados com mais facilidade pelo Aedes.

Em entrevista à TV Mirante – filial da TV Globo no Maranhão – a veterinária Alanessa de Araújo alerta que, no Brasil, não há medicamento registrado para tratar a doença – a prevenção, portanto, é primordial.

"Ter um ambiente limpo, manter o produto repelente no animal é superimportante", disse a doutora, que também recomendou o uso de repelentes.

LEIA MAIS:

- EUA quer que mulheres com zika esperem 8 semanas para engravidar

- Deu Zika! Vírus chegou ao Brasil durante Copa das Confederações em 2013

- 5 razões para multar reincidentes com criadouro de Aedes aegypti