NOTÍCIAS
05/04/2016 10:45 -03 | Atualizado 26/01/2017 22:52 -02

'Acabou a República da Cobra!', diz Janaína Paschoal, uma das autoras do pedido de impeachment de Dilma (VÍDEO)

discurso da nova ídola reaça, janaina paschoal, AUTORA DO PEDIDO DE IMPEACHMENT DE DILMA, agora à noite na faculdade de direito da USP, no largo de s. francisco. é essa gente que pretende tomar o poder no brasil

Publicado por Socialista Morena em Segunda, 4 de abril de 2016

Os autores do pedido de impeachment da presidente Dilma Rousseff (PT) e simpatizantes da causa participaram na noite desta segunda-feira (4) de um ato na Faculdade de Direito do Largo São Francisco, da Universidade de São Paulo (USP), na capital paulista.

A advogada Janaína Pascoal, o promotor aposentado Hélio Bicudo e o ex-ministro da Justiça Miguel Reale Júnior voltaram a defender a saída da petista do cargo e acusaram o atual governo de comprar votos no Congresso Nacional.

“Queremos servir à uma cobra ou ao dinheiro? O Brasil não é a 'República da Cobra'! Nós somos muitos Hélios, Janaínas, Celsos. Eles derrubam um, levantam-se dez. Não vamos deixar essa cobra continuar dominando”, afirmou Janaína, em discurso bastante inflamado.

A referencia ao réptil não foi ao acaso. No dia 4 de março, quando foi levado a depor coercitivamente pela Polícia Federal, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva afirmou, em discurso, que “se quiseram matar a jararaca, não bateram na cabeça, bateram no rabo”.

“Nós não vamos abaixar a cabeça para essa gente que se acostumou com o discurso único. Acabou a ‘República da Cobra’!”, completou a jurista, que foi bastante elogiada na semana passada por sua explicação a respeito da peça que pede o impeachment de Dilma.

Assista ao discurso completo de Janaína Paschoal:

Segundo os organizadores, o ato pró-impedimento da petista reuniu 3 mil pessoas. “Os deputados precisam escolher entre o bolso e a honra”, afirmou Reale Jr., enquanto Bicudo afirmou que “nunca viu tantos desmandos no Brasil”.

“Nenhum deputado ou senador tem o direito de ir contra o desejo popular, não tem o direito de manter Dilma e o PT no poder”, emendou o ex-filiado ao partido.

(Com Estadão Conteúdo)

LEIA TAMBÉM

- 'Quem criou a crise foi o governo do PT. Este é o golpe: terem armado um teatro'

- Dilma: 'Os que querem interromper meu mandato não resistem a pesquisa no Google'

- ASSISTA: Críticos e defensores do impeachment cobram o STF no 'Roda Viva'