NOTÍCIAS

Revanche! Michel Temer é alvo de pedido de impeachment de... irmão de Ciro Gomes

01/04/2016 17:38 -03 | Atualizado 26/01/2017 22:52 -02
Montagem/GOVBA/Agência Brasil

O ex-governador do Ceará Cid Gomes (PDT) e ex-ministro da Educação no governo Dilma protocolou, nesta sexta-feira (1º), um pedido de impeachment na Câmara dos Deputados contra o vice-presidente Michel Temer (PMDB) por crime de responsabilidade.

De acordo com a revista Veja, na peça, Gomes elenca seis situações em que o vice-presidente ou o PMDB foram citados na Operação Lava Jato que poderiam configurar crime de responsabilidade.

De acordo com o Valor Econômico, a peça ainda solicita que a denúncia seja avaliada pelo vice-presidente da Câmara, Waldir Maranhão (PP-MA). A requisição foi feita porque o presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), e Temer são aliados.

Um dos casos citados foi o da mensagem de Cunha, encontrada no celular apreendido de Leo Pinheiro, dono da OAS.

Segundo matéria da Veja, o Procurador-Geral da República, Rodrigo Janot, Cunha "cobrou Leo Pinheiro por ter pago, de uma vez, para Michel Temer a quantia de 5 milhões de reais, tendo adiado os compromissos com a 'turma'".

A questão das pedalas fiscais, no entanto, não entraram na argumentação de Gomes, que afirmou não considerá-las crime e, portanto, não considerar o argumento válido para afastar o vice presidente.

Questionada pelo G1, a assessoria da Vice-Presidência disse que temer não vai comentar o pedido.