ENTRETENIMENTO
17/03/2016 17:16 -03 | Atualizado 26/01/2017 22:52 -02

Olivia Wilde diz ter sido considerada 'velha demais' para ser par de Leonardo DiCaprio em filme

Daniel Zuchnik via Getty Images
NEW YORK, NY - MARCH 07: Olivia Wilde attends the 2016 Atlantic Theater Company Actors' Choice Gala at The Pierre Hotel on March 7, 2016 in New York City. (Photo by Daniel Zuchnik/WireImage)

Felizmente, a discussão sobre a desigualdade de gênero em Hollywood não para de ganhar força.

Nesta semana, foi a vez da atriz Olivia Wilde compartilhar uma experiência que mostra como a "meca do cinema" pode ser impressionantemente machista.

Em entrevista ao programa de rádio The Howard Stern Show, Wilde disse que o papel de par de Leonardo DiCaprio no filme O Lobo de Wall Street (2013) lhe foi recusado por ter sido considerada velha demais para tanto. Na época, ela tinha 28 anos, e ele, 38. O papel ficou com a elogiada Margot Robbie, que por sua vez, tinha 22 anos.

Na ocasião, o agente de Wilde lhe disse que, depois de ser testada para o papel, ela foi considerada "muito sofisticada" para interpretar Naomi Lapaglia.

"Eu pensei, 'ah, isso é bacana. Gosto desse retorno. Eu não consegui o papel, mas sou uma pessoa sofisticada", disse. "E então eu descobri depois que, na verdade, eles disseram 'velha'."

Como conta o HuffPost US, o curioso é que Martin Scorsese, diretor de O Lobo de Wall Street, ficou tão impressionado com o desempenho de Wilde no teste que ele lhe garantiu um papel em Vinyl, série da HBO produzida pelo cineasta.

Além da desigualdade salarial, Hollywood tem um sério problema com o fato de que mulheres, assim como homens, envelhecem.

Outro caso revoltante é o da atriz Maggie Gyllenhaal, de 38 anos. Em 2015, ela disse ter sido considerada "velha demais" para ser par de um ator de 55 anos.

Até quando isso continua?

LEIA MAIS:

- Na lista dos mais bem pagos de Hollywood, atrizes ainda ganham menos

- Amanda Seyfried ganhou 10 vezes menos que um homem para fazer... o mesmo filme

- Maggie Gyllenhaal: 'Me senti mal, depois me senti brava, e depois me fez rir'