ENTRETENIMENTO
15/03/2016 12:08 -03 | Atualizado 26/01/2017 22:52 -02

Rodrigo Hilbert pede desculpas nas redes sociais depois de matar um filhote de ovelha em seu programa

Fernanda Calfat via Getty Images
SAO PAULO, BRAZIL - MARCH 19: Rodrigo Hilbert at the Forum show during Sao Paulo Fashion Week Summer 2013/2014 on March 19, 2013 in Sao Paulo, Brazil. (Photo by Fernanda Calfat/Getty Images)

Depois de matar um filhote de ovelha e irritar o público durante o primeiro episódio da sétima temporada de Tempero de Família, transmitido pelo GNT na última quinta (10), Rodrigo Hilbert usou as redes sociais para se desculpar.

"Vou levar isso tudo como um aprendizado. Ao mostrar o abate do animal em uma pequena fazenda, eu acreditava estar chamando a atenção para se conhecer a procedência dos alimentos, para se entender como é a cadeia produtiva do que consumimos. No entanto, qual não foi a minha surpresa ao perceber que, ao invés de passar uma mensagem de conscientização sobre o que comemos, vi surgir o ódio de muitos por mim. Entendo todos aqueles que defendem o amor aos animais. Mas acredito também que possamos fazer isso sem estimular xingamentos ou acusações, e, sim, promovendo a conversa entre todos nós"

Oi, gente! Em primeiro lugar, respeito as opiniões de todos vocês. Venho de uma família grande, igual a muitas outras...

Publicado por Rodrigo Hilbert em Segunda, 14 de março de 2016


O episódio da morte da ovelha causou tanto desconforto que as pessoas criaram uma petição online, nesta segunda (14), para que o GNT tirar programa de Hilbert do ar.

Boa causa

Aos que se espantaram com esse episódio de Tempero de Família, vale ressaltar que Rodrigo Hilbert faz parte de um um grupo crescente de cozinheiros, chefs e pensadores da cozinha contemporânea que propõe uma nova relação entre pessoas e alimentos.

Nomes como Bela Gil e Paola Carosella fazem questão de informações sobre a cadeia de produção dos alimentos antes deles chegarem à mesa.

Você deve estar se perguntando: mas o que esses profissionais da cozinha querem com isso?

A ideia é inspirar as pessoas a deixarem de banalizar a comida. Nesse processo, elas optam por alimentos dos quais sabem a origem, consomem produtos mais saudáveis e, consequentemente, têm mais qualidade de vida.

A ignorância das etapas de produção da carne, por exemplo, resulta em desperdício e também no fortalecimento da indústria alimentícia, que produz em escalas gigantescas.

Na maioria das vezes, essa produção coloca a vida dos animais em situação de crueldade, gerando ainda danos graves ao meio ambiente.

LEIA MAIS:

- Os 10 alimentos 'falsianes' das dietas

- 15 alimentos que vão ajudar você a dormir melhor