NOTÍCIAS
11/03/2016 19:31 -03 | Atualizado 26/01/2017 22:40 -02

Turma da Mônica lança projeto feminista Donas da Rua

Divulgação

Forte, dona de si, empoderada.

Essas são as características da nossa querida Mônica, que estrela o projeto Donas da Rua, lançado na Semana da Mulher.

Ao lado de sua turminha, a personagem de Mauricio de Sousa tenta mostrar a meninas e mulheres de todas as idades que não é preciso ter um Sansão para se defender.

O Donas da Rua será um site colaborativo no qual as leitoras e fãs do gibi podem enviar depoimentos em texto ou vídeo contando como e por que se sentem empoderadas.

Desde sua primeira aparição, Mônica já mostrava personalidade forte e quebrava paradigmas nos quadrinhos de Mauricio de Sousa, que tiveram como pontapé inicial histórias dos meninos Cebolinha e Franjinha.

Em entrevista ao HuffPost Brasil, a inspiração de Mônica, filha de Mauricio, Mônica Sousa, relembrou a época:

“Eram os anos 60, e as mulheres começam a conquistar seu espaço. Desde as primeiras tirinhas, Mauricio já questionava a ideia de a mulher ser definida como sexo frágil, como acontecia naquele tempo.”

turma da monica

Primeira tirinha com a Mônica

Todas as histórias que forem selecionadas pelo Donas da Rua devem passar por curadoria para garantir que o conteúdo seja apropriado para todas as idades.

"Esperamos as histórias mais variadas: você pode se sentir Dona da Rua por ser uma ótima jogadora de videogame ou quando toca bateria. Pode gostar de jogar futebol ou por ser voluntária em algum trabalho social."

Tudo bem a Mônica não ser sua personagem preferida, pois ela não está sozinha nessa. Magali, Rosinha e todas as meninas da turma são donas das suas ruas, atitudes e escolhas.

Os garotos também mostram como eles podem se livrar de estereótipos ao afirmar que choram, têm fraquezas e sabem que não tem essa de brincadeira de menino ou de menina.

O projeto é uma crença da Mauricio de Sousa Produções e da própria Mônica (real!), que acreditam na luta pelo empoderamento feminino e pelos direitos da igualdade de gênero desde a infância.

"Temos uma família de matriarcas, de mulheres extremamente fortes. Sou a filha que serviu de inspiração para a personagem que se transformou num símbolo de força feminina e que é vista por muitos como símbolo da luta das mulheres por oportunidades iguais. Como diretora-executiva [da Mauricio de Sousa Produções], sei que ainda represento uma minoria no mundo. Mas, com esse projeto, poderemos mostrar para as meninas que elas podem ter e exigir as mesmas oportunidades, os mesmos direitos que os meninos."

A produtora de Mauricio se tornou signatária dos princípios da ONU Mulheres, que busca a igualdade entre mulheres homens.

O endereço do site colaborativo será apresentado na página oficial da Turma da Mônica no UOL.

Donas da Rua