NOTÍCIAS
10/03/2016 21:14 -03 | Atualizado 26/01/2017 22:40 -02

Médico de Santa Catarina é indiciado por 16 estupros

Reprodução/TV Globo

O nutrólogo Omar César Ferreira Castro, de 66 anos, foi indiciado pela Polícia Civil por 16 estupros, quase um mês após ter sido levado ao presídio masculino de Florianópolis (SC).

O delegado Ricardo Thomé disse à TV Globo que são oito estupros contra vulnerável e oito estupros "comuns". "No total são 38 vítimas, só que para caracterizar ao Ministério Público, conseguimos provar oito situações, mais outras oito situações distintas", afirmou.

Antes da prisão, Omar teve que se apresentar algumas vezes à Polícia Civil por denúncias de abusos por pacientes. Entretanto, segundo o UOL, não havia provas contra ele até uma servidora pública mostrar uma gravação em que o médico confessa o crime.

Em janeiro do ano passado, durante a consulta, a vítima “apagou" depois de beber um copo de água oferecido pelo médico e, posteriormente, teve algumas possíveis lembranças, como quando ele "estava de calças abaixadas com uma camisinha na mão, enquanto ela estava deitada na maca, sem conseguir pedir socorro".

Depois do abuso, ela foi ao consultório com um gravador na bolsa e conseguiu a confissão.

Após esse episódio, surgiram as outras denúncias.

Além do inquérito da Polícia Civil, o médico é investigado pelo Conselho Regional de Medicina, que desde 2010 recebe denúncias sobre suas práticas médicas, de acordo com o G1.