NOTÍCIAS
10/03/2016 11:31 -03 | Atualizado 26/01/2017 22:40 -02

Em debate, Hillary e Sanders fazem de Trump o inimigo em comum

Reuters

Os pré-candidatos presidenciais democratas Hillary Clinton e Bernie Sanders discordaram a respeito da imigração em um debate na noite de quarta-feira (9), poucos dias antes de uma prévia partidária crucial na Flórida, mas direcionaram sua artilharia mais pesada contra o principal pré-candidato republicano, Donald Trump.

Hillary e Sanders, que na próxima terça-feira (15) disputam o eleitorado hispânico em um Estado no qual cerca de um quarto da população é latina, prometeram só deportar imigrantes ilegais com ficha na polícia e poupar as crianças.

No evento, realizado pela rede de televisão em espanhol Univision e transmitido pela CNN, os adversários se revezaram criticando Trump por seus comentários depreciativos sobre os mexicanos e seu compromisso de deportar todos os imigrantes ilegais que vivem nos Estados Unidos.

"Vejam, neste país, a reforma imigratória é um debate muito acalorado", disse Sanders. "Eu torço muito para que, ao termos este debate, nós, ao contrário do que Donald Trump e outros fizeram, não recorramos ao racismo, à xenofobia e à intolerância".

"Sua ideia de, subitamente, um belo dia ou uma bela noite, juntar 11 milhões de pessoas e conduzi-las para fora do país é uma ideia vulgar, absurda, que espero que muito poucas pessoas na América apóiem", afirmou o senador de Vermont.

Na semana que vem, os moradores da Flórida votam em prévias democratas e republicanas em uma unidade federativa que tem muitos dos delegados que os candidatos precisam para serem o indicado de seu respectivo partido para a eleição presidencial do dia 8 de novembro.

Trump e seus rivais na corrida pela indicação republicana – Ted Cruz, senador do Texas, John Kasich, governador de Ohio, e Marco Rubio, senador da Flórida – farão seu debate pré-primária em Miami na noite de quinta-feira (10).