NOTÍCIAS
09/03/2016 12:33 -03 | Atualizado 26/01/2017 22:38 -02

Sondado por senadores, Lula rejeita hipótese de assumir ministério

EVARISTO SA via Getty Images
Former Brazilian president Luiz Inacio Lula da Silva arrives at the home of Senate President Renan Calheiros for breakfast, in Brasilia on March 9, 2016. Lula da Silva vowed to battle his opponents in the streets in a defiant speech late Friday, hours after being briefly detained as part of a probe into a massive corruption scheme. Prosecutors said Lula was targeted as part of the Operation Car Wash investigation into a sprawling embezzlement and bribery conspiracy centred on the state oil giant Petrobras. Lula was not arrested, but held for questioning over alleged 'favors' received from corrupt construction companies implicated in a kickback scheme, prosecutors said. / AFP / EVARISTO SA (Photo credit should read EVARISTO SA/AFP/Getty Images)

O vice-líder do governo no Senado, Hélio José (PMB-DF), afirmou nesta quarta-feira, 09, que alguns senadores sugeriram ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva que assuma algum ministério no governo de Dilma Rousseff para ajudar a superar a crise política e econômica no País. Segundo o parlamentar, alguns senadores chegaram a sugerir o nome de Lula para o "ministério da Economia", ou seja, para o Ministério da Fazenda.

Hélio José afirmou, contudo, que o petista não demonstrou interesse em entrar para o governo. "Não vi o Lula com vontade de assumir ministério", afirmou o senador ao deixar o café da manhã na residência oficial do presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL). Hélio José, que foi filiado ao PT antes de migrar para o PMB, disse achar que Lula faz um "papel melhor" na articulação política.

Apesar das sugestões dos senadores, o vice-líder do governo afirmou que não foi debatido eventual convite da presidente Dilma para que Lula integrasse o governo. Parlamentares do PT têm pressionado pela nomeação para que Lula tenha direito a foro privilegiado e passe a ser investigado pelo Supremo Tribunal Federal. Na sexta-feira, a Justiça Federal em Curitiba autorizou a condução coercitiva do ex-presidente na 24ª fase da Lava Jato.

Hélio José afirmou ainda que Lula disse aos parlamentares que deve conversar ainda hoje com outros setores da sociedade, como os movimentos sociais. "Ele colocou a necessidade de um pacto político para superarmos a crise", disse o senador.

O parlamentar do PMB afirmou que os senadores Roberto Requião (PMDB-SC), Fátima Bezerra (PT-RN) e Regina Sousa (PT-PI) foram alguns dos que sugeriram que o ex-presidente assumisse uma pasta no governo Dilma.