COMPORTAMENTO
08/03/2016 09:39 -03 | Atualizado 26/01/2017 22:38 -02

Tatuador usa folga para tatuar sobreviventes de violência doméstica - DE GRAÇA!

Brian Finn

Um tatuador está ajudando pessoas a transformarem cicatrizes traumáticas em símbolos de força.

Brian Finn, que trabalha no estúdio Infinite Art Tattoo, em Toledo, Ohio, dedica um dia por semana a tatuar vítimas de violência doméstica, tráfico humano ou automutilação. Tudo gratuitamente.

tatuagem brian finn

Tatuagem feita sobre a cicatriz de uma automutilação

O artista, que começou esse projeto cheio de compaixão em outubro de 2015, já fez cinco tatuagens com esse perfil. Muitas outras virão. Ele explica que faz isso para ajudar essas pessoas a se empoderarem.

"É algo que nem toma muito meu tempo e que pode provocar um grande impacto em outras pessoas", diz Finn, que tatua há quase 17 anos, ao Huffington Post. "Uma tatuagem pode ajudar a disfarçar as cicatrizes, então... é como um novo capítulo."

tatuagem brian finn

Uma caveira feita em uma vítima de violência doméstica

Finn explicou que, ao longo dos anos, ele conheceu muitos clientes com cicatrizes causadas por traumas, e quis tatuar essas marcas. No entanto, ao explicar quanto a tatuagem custaria, percebeu que muitas das vítimas passavam por dificuldades financeiras e não poderiam pagá-la.

O artista decidiu então separar um tempo do seu trabalho para ajudar, gratuitamente, pessoas que tivessem passado por aqueles mesmos obstáculos. Seria uma maneira de esses clientes "virarem" a página de suas vidas, não importasse sua situação financeira.

tatuagem brian finn

Um nó céltico que Finn está restaurando em uma vítima de automutilação

Finn está tatuando desenhos diferentes nesta sua iniciativa, inclusive um nó céltico, que já existia em um cliente com cicatrizes, uma rosa e uma caveira. Enquanto alguns se abrem durante a sessão de tatuagem e contam suas experiências, outros preferem manter a privacidade de suas histórias pessoais.

Ele diz que as pessoas que ele tatuou se sentiram maravilhadas ao ver a tatuagem.

"Certamente houve lágrimas - de felicidade", diz ele. "É uma grande responsabilidade."

tatuagem brian finn

O artista por trás dessa iniciativa incrível

Apesar de ter tatuado apenas cinco pessoas, Finn tem recebido vários pedidos de tatuagem e sua agenda está lotada até abril. E apesar de ter criado um projeto muito admirável, o artista é modesto ao dizer que simplesmente era a coisa certa a fazer.

"Basta não ser um babaca", diz ele com uma risada.

via NPR

Este artigo foi originalmente publicado pelo HuffPost US e traduzido do inglês.

LEIA MAIS:

- Este estúdio está oferecendo tatuagens de Bernie Sanders de graça nos EUA

- Canadenses oferecem tatuagens de graças para políticos que queiram ‘eternizar' suas promessas de campanha (VÍDEO)

- Crianças usam intervalo da aula para aprender sinais e conversar com colega surdo

SIGA NOSSAS REDES SOCIAIS: