NOTÍCIAS
04/03/2016 18:25 -03 | Atualizado 26/01/2017 22:38 -02

Dólar tem maior queda semanal desde 2008 por Lava Jato e Lula, mas BC limita perdas

Bloomberg via Getty Images
A U.S. one-hundred dollar banknote sits beside a stack of Cambodian riel banknotes at a currency exchange counter at Central Market in Phnom Penh, Cambodia, on Wednesday, March 2, 2016. By 2030, more than half of 650 million people in Southeast Asia will be under the age of 30, part of an emerging middle class with high rates of consumption. Photographer: Taylor Weidman/Bloomberg via Getty Images

O dólar fechou em queda nesta sexta-feira, marcando a maior baixa semanal em mais de sete anos, com a nova fase da operação Lava Jato atingindo o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e alimentando no mercado a percepção de que teria crescido a chance de afastamento da presidente Dilma Rousseff.

Mas, com a atuação do Banco Central, a moeda norte-americana terminou o dia bem longe das mínimas.

O dólar recuou 1,09 por cento, a 3,7607 reais na venda. A moeda norte-americana caiu 3,87 por cento e chegou a 3,6550 reais na mínima deste pregão, menor patamar intradia desde 1º de setembro de 2015 (3,6192 reais).

Na semana, o dólar acumulou queda de 5,93 por cento, maior recuo semanal desde outubro de 2008. O dólar futuro recuava cerca de 1 por cento no fim da tarde.

LEIA MAIS:

- Dólar a R$ 4: Veja os melhores comentários nas redes sociais

- Dólar desaba 2,5% e encosta em R$ 3,70 com nova fase da Lava Jato envolvendo Lula

SIGA NOSSAS REDES SOCIAIS: