LGBT

'Tutorial: Como ser Heterofobika' ironiza quem ainda acredita na heterofobia

10/02/2016 18:40 -02 | Atualizado 26/01/2017 22:24 -02
Reprodução/Facebook

Se você é gay, provavelmente já ouviu algo do tipo: "Você é gay? Nossa, mas eu adoro vocês, tenho vários amigos gays, vocês são tão engraçados!"... Pode parar.

Em mais de 70 países, a homossexualidade é considerada crime e em alguns lugares pode levar à pena de morte.

Esse é apenas um dos infinitos argumentos para justificar o que é óbvio: a ~~ heterofobia~~ simplesmente não existe, assim como a "brancofobia" ou "ricofobia", só para citar alguns dos termos que são utilizados e acabam tirando o foco do debate sobre as verdadeiras questões estruturais que permanecem ditando a maior parte das regras em nossa sociedade, como o machismo, o racismo e a homofobia.

Mas, ainda tem gente que insiste em acreditar no discurso dos "privilégios gays", não é mesmo? Pensando nelas, o estudante Pedro Henrique mandou um recadinho rápido e direto.

Por meio do Snapchat e utilizando duas bonecas, o conteúdo didático deu o que falar e se tornou um tutorial viral em outras redes, como o Facebook.

Veja o que Pedro Henrique tem a nos dizer:

Tutorial: COMO SER HETEROFOBIKA


E só para reforçar: lembre-se que zero héteros morrem por heterofobia todos os dias.

Aceita que dói menos. ;)

LEIA MAIS:

- Cunha estuda pedir proteção de Corte de Direitos Humanos, mas Associação Brasileira LGBT promete 'desmascará-lo' antes

- 61% dos profissionais LGBT brasileiros escondem sua orientação no trabalho, diz pesquisa

- Modelo será o primeiro homem trans a ser capa da Men's Health alemã

SIGA NOSSAS REDES SOCIAIS: