ENTRETENIMENTO
10/02/2016 17:58 -02 | Atualizado 26/01/2017 22:24 -02

Feliz aniversário, Cauby Peixoto! O primeiro roqueiro do Brasil

Reprodução/Facebook

Cauby Peixoto completa 85 anos nesta quarta-feira (10).

Carioca de Niterói, conhecido pela voz aveludada e pela interpretação calorosa de Conceição, o cantor é um personagem fundamental na história do rock brasileiro.

Isso mesmo, do rock brasileiro.

É de Cauby as canções “Enrolando o Rock” e Rock and Roll em Copacabana, lançadas em 1957. Elas são consideradas as primeiras do gênero rock gravadas por um brasileiro e cantadas inteiramente em português.

De acordo com o radialista e pesquisador João Carlos Santana, Cauby fez parte de um grupo de artistas que gravaram rock para testar o mercado para as gravadoras brasileiras.

Nora Ney, por exemplo, foi a primeira cantora brasileira a gravar um rock’n’roll dois anos antes. Rock Aroud The Clock, de Bill Halley & His Coments, foi trilha sonora do filme Sementes da Violência.

Mas voltemos ao Calby. Os registros do cantor foram lançados quando ele tinha 22 anos, logo após uma breve passagem pelos EUA. A gravadora RCA divulgou o artista por aqui como o “Elvis Presley brasileiro”.

Além de históricas, as faixas trazem também algumas curiosidades.

Enrolando o Rock foi também a primeira música com guitarra elétrica (Fender Stratocaster) feita no País.

Quando a gente esquenta e o calor aumenta

Rock and roll avança, a gente entra na dança

Quando o rock enrola eu pulo feito bola

E fico que não posso parar

Rock and Roll em Copacabana, ensina no refrão o que é esse ritmo que seguiria empolgando gerações. A canção foi escrita por Miguel Gustavo - que viria a ser o autor de outra canção famosa no cancioneiro brasileiro: Pra Frente Brasil.

Revira o corpo, estica o braço, encolhe a perna e joga para o ar

Eu quero ver, qual é o primeiro que essa dança vai aluçinar

E continua a garotada, na calça a se desabafar

Eu vou cantando até agora não parei nem para respirar

Como já sabemos, Cauby Peixoto não seguiria pelas trilas do rock.

Bebendo de outras influências, como Nat King Cole e Frank Sintatra, o cantor consagrou-se como uma das principais vozes românticas do Brasil.

E, aos 85 anos, ele segue em plena atividade.

A Bossa de Cauby, lançado em 2015 traz o cantor em performances de Wave, Eu e a Brisa e, claro, seu maior sucesso, Conceição.

Feliz aniversário, Cauby!