NOTÍCIAS
09/02/2016 21:18 -02 | Atualizado 27/01/2017 00:31 -02

Tô de Bowie reúne 28 mil em um Carnaval que São Paulo não vai esquecer


São Paulo tem um Carnaval que ferve. Nem sempre foi assim, claro.

Mas um bom exemplo de como a festa popular foi abraçada pelo público foi o imenso sucesso do bloco Tô de Bowie, que forrou o centro da capital entre a tarde e o início desta noite em São Paulo.

Segundo os organizadores, foram 28 mil foliões na homenagem ao camaleão do pop. Tão camaleão que virou marchinha carnavalesca sem parecer forçado.

Como era possível prever, a pintura de relâmpago vermelho e azul - presente capa do clássico disco Aladdin Sane, de 1973 - ganhou inúmeras reproduções.

Young Americans, Heroes, Let's Dance, Fame e tantas outras foram executadas. Claro, a comoção pela morte do astro ajudou. Segundo o Estadão, em 2015, um grupo de nove amigos decidiu sair pelas ruas cantando e homenageando o astro pop. Hoje foi um dos 350 blocos oficialmente cadastrados pela Prefeitura à desfilar.

Outro que ficou feliz foi o prefeito Fernando Haddad. Para o petista, São Paulo deve tornar-se forte destino turístico de Carnaval em pouco tempo. E os cofres da cidade já sentiram o impulso da festa.

À Folha, disse: “Devemos superar a meta de arrecadação de R$ 400 milhões em negócios gerados na cidade, tanto de pessoas que vieram para São Paulo quando de quem deixou de sair da cidade. Tenho certeza de que em muito pouco tempo São Paulo será um destino turístico do Carnaval”.

O prefeito disse ainda que a festa foi a "melhor das últimas décadas" em terras paulistanas. Quem dúvida?