NOTÍCIAS

PM de folga dá em cima de namorada de jovem e o mata em saída de bar em SP (VÍDEO)

05/02/2016 10:44 -02 | Atualizado 27/01/2017 00:31 -02

O policial militar Zildo Francisco dos Santos foi preso em flagrante na madrugada de quinta-feira (4). Ele matou com um tiro o jovem Vinícius Pucinelli, de 20 anos, na saída de um bar no bairro Água Branca, na zona oeste de São Paulo. O caso foi denunciado pelo Bom Dia SP, da TV Globo, nesta sexta-feira (5).

Ao telejornal, investigadores afirmaram que o crime aconteceu depois de uma discussão iniciada pelo PM, que teria supostamente dado em cima da namorada do jovem. Imagens de uma câmera de segurança parecem confirmar a tese dos policiais civis que apuram o assassinato.

Nelas, o policial militar, que estava de folga, aparece primeiro urinando ao lado do seu carro. Em seguida, ele vai até um grupo de jovens, onde está Vinícius Pucinelli. Eles conversam, o jovem chega a tirar a camisa, e o policial se afasta. A animosidade continua, até que o PM saca a sua arma e, à distância, dispara. O tiro acertou na barriga do jovem.

Uma ambulância demorou 18 minutos para socorrer Vinícius, que não resistiu ao ferimento e morreu no hospital. Presos em flagrante, Zildo foi indiciado por homicídio doloso (quando há intenção de matar) qualificado e está detido no Presídio Romão Gomes. Ao Bom Dia SP, a Corregedoria da PM informou que um processo foi aberto contra o policial, que pode ser expulso.

Nas redes sociais, o PM preso informa que integra a PM de São Paulo desde 1997.

SIGA NOSSAS REDES SOCIAIS:


LEIA TAMBÉM

- Violência policial no Brasil é um 'problema gigantesco', diz ONU

- Violência policial que matou 3 mil em 2014 deve ser combatida, pede HRW

- ESTUDO: PM do Rio mata 2 por dia, quase sempre negro e jovem

- "Antes, o inimigo era o comunista, hoje é o traficante", diz chefe da PM do Rio