NOTÍCIAS

DiCaprio: 'Hollywood tem sido vergonhosamente racista com a população indígena dos EUA'

03/02/2016 16:39 -02 | Atualizado 27/01/2017 00:31 -02
Jason Merritt via Getty Images
LOS ANGELES, CA - JANUARY 30: Actor Leonardo DiCaprio attends The 22nd Annual Screen Actors Guild Awards at The Shrine Auditorium on January 30, 2016 in Los Angeles, California. 25650_015 (Photo by Jason Merritt/Getty Images for Turner)

Favorito ao Oscar, Leonardo DiCaprio fez uma dura crítica à Hollywood e o tratamento dado à população nativa dos EUA nos filmes realizados no País.

Em entrevista ao jornal espanhol El País, o protagonista de O Regresso declarou:

“Hollywood tem sido vergonhosamente racista com a população indígena dos Estados Unidos. São tratados de forma caricata como seres etéreos e espirituais. Aqui estão pessoas reais que tentam sobreviver como podem. São personagens de carne e osso, honrados em muitos aspectos, mas que também têm seus defeitos.”

Essa não é a primeira vez que o astro cita a população indígena em um discurso. No começo do mês, ele dedicou seu prêmio de Melhor Ator no Globo de Ouro aos povos indígenas da América:

“Quero compartilhar este prêmio com todos os povos originários representados neste filme e todas as comunidades indígenas ao redor do mundo. É o tempo de reconhecermos a sua história e que precisamos proteger suas terras de interesses corporativos e das pessoas que estão lá fora para explorá-los. É o momento de ouvirmos suas vozes e protegermos este planeta para as gerações futuras.”

Na entrevista, o ator destacou também que o filme O Regresso , de Alejandro González Iñárritu, trata sobre a questão ambiental, ainda que em segundo plano. E revelou ter vontade de fazer um filme abordando o tema.

“Eu faria o grande filme do nosso tempo sobre o meio ambiente, mas é muito difícil encontrar algo que não pareça forçado ou artificial. É difícil encontrar um roteiro magistral que sensibilize as pessoas sobre a degradação ambiental através desta grande arte. Não faria um filme sobre o meio ambiente à toa: ainda estou esperando o título definitivo sobre o assunto.”

A questão ambiental é uma preocupação antiga do astro.

Em 1998, ele criou Leonardo DiCaprio Foundation, uma organização que tem como objetivo proteger "lugares selvagens do mundo". Neste mês, ele doou US$ 15 milhões durante o Fórum Econômico Mundial, em Davos, na Suíça. O valor será destinado a ações de redução do consumo mundial de combustíveis fósseis.

LEIA MAIS:

- Lupita Nyong'o: 'O Oscar deve ser um reflexo diversificado do melhor da arte'

- #OscarStillSoWhite: Academia promete 'medidas dramáticas' para ser mais diversificada

SIGA NOSSAS REDES SOCIAIS: