NOTÍCIAS

Brasil teve mais assassinatos em 2014 que os mais violentos anos da guerra do Iraque

03/02/2016 16:18 -02 | Atualizado 27/01/2017 00:31 -02
EDU SILVA/FUTURA PRESS/ESTADÃO CONTEÚDO

O Brasil bateu recorde de assassinatos em 2014. Levantamento feito pela produção da TV Globo mostrou que 58.946 pessoas foram assassinadas.

A maior quantidade de mortes foi registrada na região Nordeste, com recode em Fortaleza, onde foram quase 83 assassinatos por 100 mil habitantes.

A pesquisa classificou São Paulo como a quarta cidade mais violenta do País, com 61 assassinatos por 100 mil habitantes.

Recentemente, o governo do estado divulgou que, no ano passado, os homicídios tiveram a menor taxa histórica.

Ainda segundo a produção da TV Globo, as armas de fogo foram usadas em sete de cada dez mortes. O levantamento foi elaborado com base no DATASUS, um sistema de registros preliminares da pasta.

O número de mortes é superior ao dos dois anos mais violentos da guerra do Iraque. De acordo com o Iraq Body Count, entre 2006 e 2007, foram registradas 55.487 mortes no conflito.

LEIA TAMBÉM:

- No ano em que homicídios em SP tiveram menor taxa histórica, letalidade policial segue alta, com uma morte a cada 12 horas

- Violência contra jovens brasileiros apresenta pior índice desde 2005 e pode ceifar a vida de 42 mil até 2019

SIGA NOSSAS REDES SOCIAIS: