COMPORTAMENTO

Venda de maconha pode render R$ 14,2 bilhões por ano ao Canadá

01/02/2016 19:04 -02 | Atualizado 27/01/2017 00:31 -02

marijuana

Avisem agora mesmo o primeiro-ministro Justin Trudeau. O mercado da maconha, após a legalização, pode render bilhões aos cofres do país.

Avery Shenfeld economista do CIBC (Canadian Imperial Bank of Commerce) fez a conta: são exatos R$ 14,2 bilhões (5 bilhões de dólares canadenses) ao ano em impostos.

Para formular a conta, Shenfeld levou em conta estimativas atuais de consumo de maconha recreativo no país e a experiência de estados americanos que optaram pela legalização, como Washington e Colorado. As estimativas também levam em conta a taxação especial no Canadá para produtos como álcool e tabaco e a extinção do mercado ilegal de maconha no país.

marijuana

Trudeau já sinalizou ser favorável a empregar boa parte das eventuais receitas do mercado de maconha legalizada justamente para demandas sociais como a saúde pública, por exemplo.

"Nunca foi uma decisão sobre um tomar dinheiro em impostos, mas sempre sobre a saúde e segurança pública", disse o primeiro-ministro no ano passado.

Bem, ministro. Dinheiro pode até não ser a finalidade, mas ele deve entrar nos cofres. E bastante.

SIGA NOSSAS REDES SOCIAIS:


LEIA TAMBÉM:

- Não é a maconha! Álcool é a 'porta de entrada' das drogas, aponta pesquisa

- Pesquisa: 59% dos brasileiros são favoráveis ao uso medicinal da maconha

- Daniel Alves vai ao 'Bola de Ouro' vestindo terno com folhas de maconha