NOTÍCIAS

Após morte de animais em ensaio, escola de samba desiste de soltar pombos em seu desfile oficial

29/01/2016 18:06 -02 | Atualizado 27/01/2017 00:31 -02
Reprodução/Internet

Um ensaio técnico da escola de samba carioca Acadêmicos do Salgueiro acabou em tragédia. No domingo (24), a agremiação desfilava na Sapucaí quando soltou dezenas de pombos.

A cena fazia parte da apresentação. Porém, com o som alto e a profusão de luzes no sambódromo, algumas aves ficaram desorientadas, não conseguiram levantar voo, caíram no chão e morreram. Parte deles foi pisoteada.

As informações são da ONG SOS Aves e Cia, cujo presidente deu entrevista à Rádio CBN nesta sexta (26) e pretende denunciar o caso para o Ministério Público do Rio, que pode notificar a escola por crime ambiental.

Sessenta e oito pombos foram recolhidos pela instituição, porém só vinte sobreviveram, alguns com ferimentos.

O grupo tentou, então, impedir que a Salgueiro prosseguisse com a apresentação de pássaros no desfile oficial, que ocorre na semana que vem. A rainha de bateria da escola, que neste ano celebra as religiões afro-brasileiras, é a modelo e atriz Viviane Araújo.

Protetores de animais como a ativista Luisa Mell se mobilizaram no Facebook e escreveram mensagens na página da escola.

Socorro!!! Preciso da ajuda de todos que respeitam os animais p que não repitam esta barbaridade no desfile de...

Posted by Luisa Mell on Friday, 29 January 2016


A assessoria de imprensa da agremiação disse a VEJA SÃO PAULO que recuou da decisão por causa da confusão e não mais soltará os pombos no Carnaval. Seu departamento jurídico está cuidando da denúncia de crime ambiental.

SIGA NOSSAS REDES SOCIAIS: