ENTRETENIMENTO

Filme 'Os Dez Mandamentos' estreia com sessões esgotadas, mas lugares vagos

28/01/2016 16:54 -02 | Atualizado 27/01/2017 00:31 -02

Os Dez Mandamentos, versão em filme da novela homônima da Record, estreia nesta quinta-feira (28) nos cinemas brasileiros.

Em uma ambiciosa campanha, a fim de quebrar recordes de bilheteria do cinema brasileiro, a Igreja Universal – cujo dono é o bispo Edir Macedo, o mesmo da emissora de TV – chegou a pedir a seus fiéis mais abastados que comprassem ingressos para aqueles que poderiam não ter condições de comprá-los.

Antes mesma da estreia, três milhões de ingressos foram vendidos – basicamente, uma em cada três salas de cinema do País exibe o filme.

No entanto, um "fenômeno" diferente aconteceu em várias salas de São Paulo. O UOL registrou, em fotos, que muitas das sessões tidas como esgotadas apresentam vários lugares vagos.

Abaixo, um exemplo do efeito não muito milagroso da campanha de bilheteria:


O UOL não viu "filas faraônicas" para sessões do longa.

Na Cinemark do shopping Boulevard Tatuapé, as sessões dos horários 12h45, 15h30, 17h15 e 18h15 estão esgotadas, mas, curiosamente, cinco minutos antes da primeira sessão do dia, às 11h45, apenas 75 espectadores ocupavam assentos da sala, com capacidade para 270. Restava apenas um ingresso disponível na bilheteria para esta sessão.

Os Dez Mandamentos – O Filme é dirigido por Alexandre Avancini, e condensa, em duas horas, os 176 capítulos da novela – esta um enorme sucesso que conseguiu ultrapassar a Globo em audiência pela primeira vez em 40 anos.

O El País Brasil diz que a obra, de trama bíblica, é "uma questão de fé, de mercado, de entretenimento… Não de cinema".

Já o Sensacionalista...

"Os Dez Mandamentos - o filme"

Posted by Sensacionalista on Thursday, January 28, 2016


Aqui está o trailer:


LEIA MAIS:

- Igreja Universal pede dinheiro a fiéis para bater recorde de 'Tropa de Elite 2' com 'Os Dez Mandamentos'

- Extintor de incêndio aparece em cena de 'Os Dez Mandamentos'

- Os 100 melhores filmes brasileiros eleitos pela crítica

SIGA NOSSAS REDES SOCIAIS: