MULHERES

Leticia Bufoni é só o começo. É melhor acostumar porque as minas brasileiras do skate continuam com força

27/01/2016 19:09 -02 | Atualizado 27/01/2017 00:31 -02

A vitória de Leticia Bufoni não é um caso isolado.

O Brasil parece começar a criar uma cultura forte (e vencedora) no skate feminino. É bom começar a se acostumar, porque nomes para o futuro não faltam. Duvida?

Então, vamos lá:

No final de semana rolou o Girls Combi Pool Classic, campeonato feminino que sempre rola no Vans Skate Park (exato, a mesma Vans dos tênis de skate), em Orange , na Califórnia.

Para os desavisados, o torneio é um dos mais disputados do planeta. Uma espécie de Draft ou categoria de base do skate.

Foi de lá que surgiu a brasileira Karen Jonz, por exemplo. Ela acabou vencedora na categoria profissional em 2013.

dora varella

Voa, Dora!

Se a história já estava feita com o número de inscritas, melhor ainda foi acompanhar o resultado.

As amadoras Dora Varella, Leticia Gonçalves, Yndiara Asp, Thais Gazarra e Isadora Rodrigues e a profissional Bia Sodré estiveram por lá.

Dora Varella acabou com o título entre as atletas de até 15 anos, enquanto Isadora Pacheco foi a sexta.

Já entre as meninas com mais de 15 anos, destaque para Yndiara Asp, a segunda colocada. Leticia Gonçalves e Thais Gazarra terminaram na quinta e sétima colocação, respectivamente.

Você consegue ver trechos das provas delas aqui:

E aqui:

Será que temos futuro no skate?

SIGA NOSSAS REDES SOCIAIS: